Carros verdes são como prostitutos virgens: simplesmente não existem!


(João Almeida) #121

Obviamente que já só se deviam produzir carros eléctricos, mas …

Para os lobbyistas do petróleo é indiferente se consomes directamente no depósito ou através da electricidade. Achas que eles têm algum problema em vender o seu produto? A OPEP até decidiu reduzir a produção de petróleo e subir o preço do barril no mercado.

Para a indústria automóvel, também pouca diferença faz. Tirando alguns novos players no mercado como a Tesla, vão continuar a ser as mesmas empresas a vender os carros no futuro, sejam eles eléctricos ou não.

Esta argumentação é importante para nós consumidores, por exemplo para decidirmos se devemos comprar um novo carro (eléctrico) ou se devemos manter o atual a combustão.


(Three) #122

Não existe nada de duvidoso no artigo e não é argumentação, são factos. Se não gostas azar. O mundo não passa a ser cor-de-rosa só porque não gostas de azul!

Mais estúpido é achar que existe um lobbie maléfico do petróleo que controla tudo, teorias da conspiração alimentadas por igorantes.

De facto não é preciso nenhum lobbie, a energia vende-se porque todos precisam de energia, e a mais barata possível…


(João Almeida) #123

Se achas que não há um lobby do petróleo, tu é que estás a acreditar num mundo cor-de-rosa.


(Rui Fonseca) #124

Baseaste-te em que estudos para poderes fazer uma afirmação dessas?


(Aónio Eliphis) #125

(Manuel Reis Jorge) #126

Em 1961 , a rede de electricos vermelhos da cidade de Los Angeles foi comprada por um grupo industrial que, pensava se , iria continuar o desenvolvimento deste transporte.
Para a surpresa de muitos, a empresas apenas desmontou todos os carris e enviou todos o material circulante para a sucata. Os espaço dos carris foi alcatroado.
A empresa em questão era na realidade uma associação de construtores automoveis, pneus e petrollíferas. Nos meses seguintes vendeu se muitos carros, pneus e…gasolina.

Não controlam tudo. Mas conseguem algumas coisas.


(Miguel Araujo) #127

Mais estúpido é achar que existe um lobbie maléfico do petróleo que controla tudo, teorias da conspiração alimentadas por igorantes.

A sério, Three?

Também queres chamar anjinhos às empresas de produtos de beleza? Também chamar anjinhos aos grandes do futebol? Aos da indústria alimentar? Aos das telecomunicações, aos grandes ricos, aos bancos, aos governos?

Se tu estivesses a enriquecer, sendo que irias destruir a saúde das pessoas, ias acabar com a galinha dos ovos de ouro? Decerto pagavas para esconder ao máximo até teres o suficiente para ser poderoso e nada te tocar.

Queres que te conte a história das industrias petrolíferas e a sua implicação directa na saúde, ambiente, guerras, doenças, corrupção, manipulação?
Não és burro nenhum para perceberes como os grandes poderes económicos agem para manter os seus interesses em primeiro.

Vê este pequeno vídeo de um dos grandes escândalos dessa indústria: https://www.youtube.com/watch?v=pqg9jH1xwjI
depois podes continuar a cultivar o teu conhecimento das patranhas que essa industria fez vendo os vídeos seguintes.


(Three) #128

A CML fez exactamente o mesmo e no entanto nada tem a ver com petrolíferas


(Three) #129

Podes sempre voltar à idade média se achares que se vivia melhor na época. O teu problema é queixares-te de barriga cheia porque se vivesses de facto na realidade do dia -a-dia da idade média e mesmo século XIX pensarias duas vezes antes de dizeres asneiras!


(Three) #130

Já conheço isso, e está no mesmo saco das indústrias que usavam sais radioactivos em medicamentos, termas, embalagens alimentares, cristal de chumbo em utensílios domésticos, cosméticos incluindo a Couto que utilizou Acetato de chumbo no seu restaurador Olex durante décadas. Não era exclusivo da indústria petrolífera, era de todas.


(Miguel Araujo) #131

Já nem te respondo. Pegas nas palavras das pessoas, dás a volta ao significado, estupidificas tudo e todos que têm um pensamento, vêm um futuro diferente dos “comodistas” como tu.

Qualquer um sabe que a evolução e revolução que assistimos no século passado foram com um custo que ninguém vai conseguir suportar. E não querer mudar agora que sabemos do que fizemos é pura burrice.


(João Almeida) #132

“Over the past 30 years, despite the rise of zero-carbon sources like nuclear, solar, and wind, the world still gets 80% of its energy from coal, oil, and natural gas.”


(João Almeida) #133

Venda de Eléctricos, Híbridos e a Gasolina a aumentar. Diesel a descer.


(Three) #134

Onde está a admiração? O problema é ficarem todos fechadinhos na Europa e US quando o grosso da população mundial está na Ásia assim com o consumo de energia e a aumentar vertiginosamente.

E enquanto a Europa se autoflagela e massacra a sua população com impostos “ambientais” que mais não servem do que para aumentar a receita fiscal, na Ásia e EUA estão-se simplesmente nas tintas para as emissões ao mesmo tempo que nos comem as indústrias, os serviços, a tecnologia e a energia. Em termos de dimensão comem a Europa num ápice e todos os nossos esforços serão inúteis a nível global. Portanto todas essas atitudes de pobreza franciscana terão apenas um impacto local reduzido porque quando todos os empregos forem para a Ásia de pouco servirá ter cidades europeias sem automóveis porque não existirá ninguém para lá trabalhar e habitar.


(Aónio Eliphis) #135

E quem é que faz mal, nós ou eles?

Além disso tu cometes o erro típico do ocidental, que é não considerar emissões per capita. Um indivíduo chinês ou indiano tem tanto direito aos recursos do planeta, quanto um americano ou europeu.


(João Almeida) #136


(Aónio Eliphis) #137

Em relação aos carros elétricos, de frisar que um ambientalista não compra um carro elétrico, um ambientalista não compra carro novo, ponto. Anda de transportes públicos, a pé e de bicicleta, ou então faz bom uso ao carro que já tem. A indústria petro-automóvel é exímia a ludibriar o consumidor. Lembro-me de há uns anos, que o paradigma era a gasolina sem chumbo, e qualquer “ambientalista” poderia ter uma banheira que queimasse 30L/100km, tinha de ser era “sem chumbo”, obviamente mais cara, que a indústria usa o “verde” para cobrar mais. A BP, por exemplo, agora tem uma gasolina “eco”! Querem comprar carros? Comprem! Agora não me venham com a ladainha das zero-emissões. Querem ser amigos do ambiente? NÃO comprem carro novo e façam bom uso ao que têm. Metade das emissões do tempo útil de um carro, já estão feitas quando este sai novinho do stand (emissões da construção e logística, de peças e do próprio carro).


(João Almeida) #138

Cá em Aveiro vamos ter agora o eco-routing automóvel.

http://www.noticiasdeaveiro.pt/pt/48744/consorcio-ua-it-desenvolve-sensores-e-aplicacoes-para-melhorar-transito-citadino/

https://www.it.pt/Projects/Index/4493


(Three) #139

E tu cometes o erro de achar que os países europeus são os mais ricos quando por exemplo a Índia tem um programa nuclear e programa espacial !


(Three) #140

Exacto, o bom ambientalista é aquele que anda de chasso fumarento com plásticos em degradação, algo muito bom para os pulmões, e que fez um voto de pobreza franciscana e auto-flagelação!