Carros verdes são como prostitutos virgens: simplesmente não existem!


(João Almeida) #166

(Three) #167

:rofl::rofl::rofl: A “tecnologia” do hidrogénio é dos maiores embustes de todos os tempos! Actualmente mais de 90% do H2 é produzido a partir do gás natural, por steam reforming. Onde está a vantagem em usar hidrogénio relativamente ao gás natural directamente no veículo ? Nenhuma, é apenas retórica política!


(João Almeida) #168

A cena dos carros eléctricos é como os hamburguers do McDonalds. Até podem virar todos vegan, mas continua a ser fastfood.


(Manuel Reis Jorge) #169

O objectivo é fabricar o hidrogénio a partir de electricidade vinda das renováveis ( solar, éolica., hidrica se chove…) nomeadamente nas fases de excesso de produção. Maneira de armazenar a energia electrica, por definição, intermitente das renováveis.


(Rui Fonseca) #170

Estou para ver quanto vai custar fazer 100 km num carro que ande a hidrogénio produzido a partir de energias renováveis, que foi comprimido para um tanque, transferido para o tanque de um camião que depois faz vários quilómetros para o transportar até um posto de abastecimento, é transferido para o tanque do posto para depois ser transferido para o tanque do automóvel, para depois ser utilizado pela célula de combustível para produzir eletricidade que carrega uma bateria que faz mover um motor elétrico, versus pegar nessa eletricidade e usá-la diretamente carregar uma bateria que faz mover um motor elétrico.

Depois quero ver o custo de produção/aquisição dos carros com uma bateria pequena e célula de combustível, mais a sua manutenção ao longo dos anos, versus um carro apenas com uma bateria maior.


(Manuel Reis Jorge) #171

Essa logistica ja é feita com os combustiveis fosseis tais como o GPL. O preço a gente sabe vem sobretudo das taxas. O hidrogénio já é bastante desenvolvido por ex na Alemanha para comboios camioes e bus, onde a autonomia é importante.
Convem ver o futuro nao só como tudo electrico ou tudo a hidrogênio.


(Three) #172

Acho que não estão a ver a dificuldade existente na logística da produção, transporte e armazenamento do hidrogénio. A taxa de perdas é enorme e o rendimento do ciclo de conversão é inferior ao da gasolina.

A razão porque investiram nisso na Alemanha foi apenas para receber fundos comunitários


(Manuel Reis Jorge) #173

###A taxa de perdas é enorme e o rendimento do ciclo de conversão é inferior ao da gasolina##
Isto é errado.
O melhor motor a combustão nao atinge os 40% de rendimento ( parte da energia do combustivel que faz de facto avançar o veîculo) enquanto o electrico atinge os 80 a 90%.
Nao esquecer que o petroleo tem de fazer milhares de km para chegar as bombas .


(José Miguel Ramos Modesto) #174

No GPL e no gás natural também existem taxas de perda simpáticas (em especial no gás natural). Todavia, são até bastante mais baratos (em especial, e de novo, o gás natural).


(Rui Fonseca) #175

A diferença é que ao contrário do GPL, gás natural, gasolina, etc, gasta-se mais energia a obter hidrogénio do que aquela que se vai obter.

Ao hidrogénio tens de adicionar o custo de gerar toda a energia necessária para o produzir, além disso é bastante mais complicado de armazenar do que o gás natural.


(Luís L Belard) #176

Boa noite,
Não li os 168 comentários que se seguiram à colocação do tópico pelo Aónio (peço antecipadamente desculpa se o que agora escrevo já foi dito antes), mas ao ler o último (do rf17) surpreende-me que se possa estar a discutir algo que é óbvio ao ler o título (exceptuando claro, o ‘à parte’ do A. Lourenço): de facto não há nem nunca existirá qualquer coisa com estatuto de veículo de transporte, privado ou público, que polua zero.
A questão esgotou-se de forma clara e imediata, com o texto e gráficos que o Aónio colocou.
A menos que se pretenda aproveitar este espaço para difundir as inovações que a tecnologia tem vindo a apresentar sobre as diferentes formas de energia - cujo interesse para a mobilidade é de inegável interesse - mas nesse caso conviria fazê-lo sob outro título.


(Three) #177

Tu é que estás errado. Uma célula de combustível a hidrogénio tem um rendimento de 75%, se considerares as perdas de 10% do motor eléctrico já vais nos 65%.
Na síntese do hidrogénio perdes 20% (steam reforming (80%) é mais eficiente do que electrolise (65%). No transporte e armazenamento perdem-se em média 20,5%.

Portanto a eficiência de toda a cadeia fica-se pelos 24,5% (100-25-10-20-20,5).

Portanto faz as continhas antes de dizer asneiras !

E o hidrogénio deve nascer das árvores :stuck_out_tongue:

As perdas no transporte e armazenamento do gás natural chegam aos 4%, no caso do hidrogénio chegam aos 20,5%. Porque insistem em falar de assuntos que desconhecem? Só pode sair asneira!


(Alexandre Climber) #178

“Porque insistem em falar de assuntos que desconhecem? Só pode sair asneira!”

Mais ou menos o mesmo que nós dizemos em relação ao que opinas sobre a mobilidade urbana…


(Three) #179

Mobilidade urbana é como análise de fluidos!


(Manuel Reis Jorge) #180

Nao estamos a falar da mesma coisa. Apenas comparei rendimentos imediatos (e não perdas de uma cadeia de obtenção). Acho que convem ler antes de opinar. Mas enfin, não sei porque estou aqui a perder o meu tempo…


(José Miguel Ramos Modesto) #181

@Three se olhares bem, minha cabeça de abóbora, eu não me dei ao luxo de dizer nada de especial… precisamente pelo facto de ser um leigo nesse tipo de matérias. Simplesmente eu acho que tu és outro leigo, mas com mania de sabichão (como em muitas outras coisas). Talvez eu esteja a fazer um juízo errado e precipitado acerca dos teus conhecimentos nesta área? Talvez. Mas sou levado pelo que tenho visto até ao momento quanto à tua participação noutros assuntos.


(Luís L Belard) #182

"não sei porque estou aqui a perder o meu tempo… "
Pois se é para tentar contrariar a afirmação de que “… carros verdes não existem”, é de facto tempo perdido.
Se alguns comentadores querem discutir formas alternativas de energia, o que será bem vindo quer como cultura geral quer como de interesse para a mobilidade, nesse caso estão a fazê-lo sob o tópico errado.


(Manuel Reis Jorge) #183

Era apenas para moderar os extremismos e as respectivas ideias em que, neste mundo, tudo é branco ou preto. O título deste post é inadequado. Sou ciclista, sou a favor da redução do numero de carros, mas falar assim é ser “Ayatollah” e é ridículo.


(Aónio Eliphis) #184

Nasceu uns milhões de anos após o Big Bang, com a formação das primeiras moléculas e por acaso até é o elemento químico mais abundante no Universo.


(Three) #185

Cabeça de abóbora é a tua tia! Agora venham censurar este post!