Corredor Verde de Alcantara


(PG) #41

Pois, não estou dentro.
Daí ter vindo aqui a ver se alguém tinha a informação Oficial.
No site da CML não encontro prazos previstos.

Pesquisando no Google news aparece o que referi:

De acordo com informação enviada às redações pela Câmara Municipal de Lisboa, “no âmbito da criação do Corredor Verde Estruturante do Vale de Alcântara, com o objetivo de fazer a ligação de Monsanto ao Tejo, arrancam este mês de janeiro as obras necessárias para a prossecução deste projeto que prevê o seu término em março do corrente ano”.

Assim extrapolei para Abril/Maio, mas se dizes que falta esse tunel provavelmente será mais.

Enfim, já se sabe como é. Vamos acompanhando para ver quando se pode estrear mesmo que não seja no seu todo :raising_hand_man:


(Pedro Nóbrega Da Costa) #42

Penso que O corredor completo tem sido anunciado para 2020 apenas.

A primeira fase a que está a decorrer e que está quase concluída , mas ainda falta o tal túnel e toda a requalificação da avenida de Ceuta


(PG) #43

Ah então, my bad.
Pena :disappointed_relieved::disappointed_relieved::grin:

Espero q dê na mesma para experimentar alguma parte esta Primavera então…


(Rui Martins) #44

Terminará (a norte) onde? porque presumo que virá de Alcântara…


(Miguel Baptista) #45

Em Campolide junto à rotunda que liga à radial de Benfica.
O percurso a partir da estação de Campolide para norte já está aberto e já pode ser utilizado.


(PN) #46

Tem um problema idêntico ao da radial de Benfica, a barreira que faz a separação entre espaço para automóveis e bicicletas tem escoadouros de água que, diabo de pontaria, escoam, em alguns locais, para a ciclovia. Vai acabar por acontecer o mesmo que acontece em algumas zonas da ciclovia da radial, quando chove, é a água e toda uma quantidade de lixo que se vai acumular na ciclovia.


(Manuel Reis Jorge) #47

Enquanto nao for aberto o tunel e acesso até alcantara, este trajecto tera pouco interesse pois fica se encurralado no parque da Bela Flor. Este tem uma magnifica vista para Monsanto e…autoestradas .


(Cláudio Coelho) #48

Para quem ainda não andou por lá:


(Rui Fonseca) #49

Tanta trotineta largada no meio do nada. Não se entende.


(Manuel Reis Jorge) #50

Hoje fiz o trajeto em sentido contrario desde o aqueduto. Para corrigir o declive ha mais umas piruetas previstas. Aflige a velocidade de execução. Lenta.


(Three) #51

Não era esse o conceito de utilização ?


(Pedro Sanches) #52

Não acredito que sejam assim deixadas por quem as utiliza. Não faz sentido.


(Rui Fonseca) #53

A minha dúvida é isto:

Porque é que alguém deixa a trotineta no meio da ciclovia se depois tem de sair dali a andar?


(Pedro Nóbrega Da Costa) #54

tambem pode ser o oposto, alguem as deixa no passeio e algum peão as desvia para a ciclovia para nao ocuparem o passeio

sejamos honestos, sem ser quando ficam encostadas ou alinhadas com algo que por si ja era um obstaculo existente na via publica (postes, mupis, arvores, alinhadas com estacionamento existente, encostadas a algum muro, etc) vao sempre ficar com aspecto de estarem “no meio do caminho”, e sistematicamente os peões vao desviar para as ciclovias e os ciclistas vao desviar para o passeio… infelizmente ninguem as desvia para a estrada nem estacionamento de carros :slight_smile:


(Pedro Sanches) #55

Lá está… não deixa! Só consigo acreditar que isto é por maldade. Feito por alguém que nada tem a ver com a utilização da trotineta.


(PG) #56

Three, não és tu que andas por aí de noite?

Kkk, estou a brincar contigo, não leves a mal. Cheers :beers::beers:


(Three) #57

Pois, ando de noite a re-arrumar trotinetes :rofl:


(Rui Fonseca) #58

Tenham deixado no passeio ou na ciclovia, quem é que termina uma viagem num sítio daqueles?

Acho um mistério como é que as trotinetas vão parar a sítios tão estranhos e longe de tudo.


(PG) #59

Tb concordo contigo. Dá mais trabalho deixar ali no meio, do que bem arrumada.

Eu se usasse (ainda só experimentei uma vez), deixava-as sempre meio arrumadinhas. Se houvesse autocolante, ou aqueles “postes” de bikes, aí, caso contrário bem encostada a um muro ou coisa assim.

Mas isto sou eu, que nem no meu quarto posso ver algo fora do sítio :innocent:

E afinal de contas, politiquisses à parte, é a NOSSA cidade.


(Manuel Reis Jorge) #60

Não esquecer que em alguns anos, apareceram imensas novidades tecnologica de transportes partilhados que, para serem bem utilizadas, deve requerer civismo e educação da parte dos utilizadores e não utilizadores.
Estas duas qualidades não progrediram à mesma velocidade do que a tecnologia.

Assim tambem somos nos aqui a pedir mais ciclovias espaço e segurança para as bicicletas e continua a antiga geração a pedir mais parques de estacionamento e combustiveis mais baratos.