Denúncia/queixa à PSP por razia

Exm.ºs Senhores
Polícia de Segurança Pública da Esquadra de Carnaxide
Polícia de Segurança Pública da Divisão de Trânsito de Oeiras

Não obstante o trabalho de informação feito pela PSP e demais entidades sobre as regras e melhores práticas no trânsito, nomeadamente decorrentes das alterações ao Código da Estrada, é ainda deveras insuficiente a cultura e a atitude da maioria dos condutores de veículos motorizados perante os utilizadores vulneráveis, vulgo peões ou utilizadores de bicicleta.

Venho pelo presente denunciar uma condução muito perigosa por parte de um condutor de veículo ligeiro, com a matricula XX-XX-XX, que sucedeu hoje 11 de Agosto de 2016 por volta das 9h25 da manhã na Rua 5 de Outubro em Carnaxide, após a passagem na zona da Igreja de São Romão (conforme imagem em anexo).

1.º
Eu seguia de bicicleta, o meu meio de locomoção, a caminho do meu local de trabalho, vindo de Estrada da Outurela e nesta altura rolando a cerca de 25kms/h pela Rua 5 de Outubro em Carnaxide.

2.º
Eu seguia cumprindo as regras do Código da Estrada e as melhores práticas de deslocação por velocípede em meios urbanos que é circular no centro da via, e sou pressionado várias vezes com buzinadelas por um veículo que seguia na minha traseira e cujo barulho do motor se sentia ouvir com acelerações várias.

3.º
Dado que é uma rua que tem estado em obras, com maquinaria pesada a transitar, tem carros estacionados indevidamente em cima dos passeios, tem passadeiras e alguma circulação de peões, tem fissuras várias, mantive a minha posição no centro da via para minha segurança, mais uma vez porque são as melhores práticas de condução de velocípedes em meio urbano:
http://cyclingfallacies.com/pt/20/as-pessoas-deviam-andar-de-bicicleta-encostados-a-direita-e-nao-no-meio-da-estrada

4.º
Após muitas apitadelas insistentes e já na bifurcação para virar em direção depois a Linda-a-Pastora seguindo pela Av. Tomás Ribeiro, o condutor do dito veículo resolve fazer-me uma razia em aceleração que por pouco não me abalroou ou que podia mandar-me embater no lancil, atendando propositadamente contra a minha vida.

5.º
Foi uma manobra perigosa e ilegal que me podia ter matado, em total desrespeito aos artigos 18º e 38º do Código da Estrada e acima de tudo em desrespeito à vida humana de outrém.

http://www.ansr.pt/SegurancaRodoviaria/CodigoDaEstrada/Documents/Codigo_Estrada_2014_versaoWEB.pdf

Artigo 18.º Distância entre veículos
Artigo 38.º Realização da manobra

Denuncio esta situação, não só porque exige-se um ambiente mais seguro e civilizado para todos os utilizadores da via pública, em especial os mais vulneráveis (i.e. ciclistas e peões), mas também exige-se o cumprimento da lei, e comportamentos adequados por parte dos condutores de veículos motorizados que acarretam uma maior responsabilidade na via pública.

Gostava de ver assegurada uma via pública mais segura para todos os utilizadores, em especial os mais vulneráveis como são peões e ciclistas; podia ter sido mais grave, com um dos meus filhos a deslocar-se para a escola ou a casa de um amigo, ou a minha mulher, ou qualquer outra pessoa que se desloca de bicicleta regularmente. Ninguém merece ter que sofrer estas agressões por parte de condutores agressivos e perigosos.

Agradeço que dêem seguimento a esta denúncia.

Em anexo envio fotografia do momento de ultrapassagem, sem a matrícula visível, mas tendo em minha posse a filmagem que ocorreu pois filmo sempre os meus percursos por causa destas eventualidades e poderei ceder para vossa validação.

Terei toda a disponibilidade para me deslocar à esquadra para esclarecimentos dos factos e apresentar as provas em video da ocorrência.

Sem outro assunto, despeço-me com os melhores cumprimentos,

Nuro de Matos Carvalho

11 Likes

Força Nuro.

Eu por já me ter chateado diversas vezes com a intolerância nessa zona comecei a vir por aqui:

https://www.google.pt/maps/dir/38.7272598,-9.2450527/38.7239633,-9.2495339/@38.7259121,-9.2494447,17.61z/data=!4m9!4m8!1m5!3m4!1m2!1d-9.2490704!2d38.7261954!3s0xd1ecc427267d3db:0x4210741c9c7b77e1!1m0!3e0

1 Like

Mas isso é ainda dar uma volta maior… :frowning:

Se estivesses num país de jeito deixavam fazer um contra-fluxo, aliás vejo muita gente de bicicleta a ir em cima do passeio ou na estrada em contra-mão para não ir dar uma volta maior, que é simplesmente estúpido, mas as regras são feitas para os carros e temos de cumprir as regras feitas para os outros.

mas eu cumpro, eu cumpro, mas não posso é levar com estes anormais a fazerem-me razias só por causa de uns míseros segundos.

1 Like

Para informar quem está a seguir este tema que em menos de 24h recebi já uma resposta da PSP, exatamente nos termos que suponha que seriam as deligências.

Exmo Senhor
Estimado Nuro Carvalho

Serve a presente para acusar a recepção da denúncia que V. Exa enviou á Policia de Oeiras, agradecendo desde já a sua preocupação e disponibilidade para nos dar nota da sua indignação pela forma como são violadas grosseiramente as normas do Código da Estrada.
Assim, no sentido de informar quanto ao assunto em referência, encarrega-me o Exmo. Senhor Comandante de Divisão em Substituição, Subintendente XXXXX, de informar que a Esquadra de Trânsito irá organizar inquérito de contra ordenação, com base na denúncia apresentada, pelo que, oportunamente o Exmo. Sr. Nuro será convocado para prestar depoimento, bem como o proprietário e condutor do veículo denunciado, para se proceder em conformidade com o código da Estrada.

Mais uma vez agradecemos o seu testemunho e preocupação, perante tamanho desrespeito para com os utentes da via pública.

Respeitosamente
Melhores cumprimentos

10 Likes

Muito bem. Vamos ver o que acontece.

2 Likes

Continua Nuro! Estou contigo

4 Likes

“Não percam as cenas dos próximos episódios porque nós também não!”

Vamos ver no que vai dar.

É preciso que os condutores imprudentes, pelo menos, sejam advertidos e que passem a respeitar os outros!

1 Like

Só para os relembrar mandei este mailzito:

Caros,

Sendo hoje o pináculo da Semana Europeia da Mobilidade com o Dia Europeu sem Carros, tenho infelizmente sentido que a informação que os demais agentes e entidades responsáveis fazem não chega à população geral e aos muitos automobilistas em particular, e que continuam a existir um total desrespeito pelas regras instituídas pelo Código da Estrada mas também pelo total falta de bom-senso perante os utilizadores vulneráveis.

Neste cenário da Semana Europeia da Mobilidade fiquei sabedor que aconteceu ontem em Aveiro um debate sobre «A mobilidade em bicicleta e a sinistralidade rodoviária: contributos da PSP» com o orador convidado: Comissário Luís Silva, PSP de Aveiro.

Fui procurar e encontrei este excelente trabalho do Sr. Comissário e que me fez acreditar que estamos apenas num período de adaptação até que seja efetivados melhores meios de fiscalização e de atuação por parte das autoridades para com este tipo de atitudes que relatei na missiva inicial.

Quiça só se mudam as mentalidades quando se adoptar uma atuação mais eficaz, como noutros países:

Aguardo então que me chamem para prestar declarações sobre o episódio que relatei de forma a serem cumpridos os trâmites necessários ao processo de contraordenação.

Cmpts

5 Likes

Bom trabalho, Nuro.

Esse mail está fabuloso.

1 Like

Era imprimir o trabalho do comissário e ir entregando às esquadras da PSP, juntamente com a queixa. hehehe

1 Like

Nuro, revivendo um tópico de mais de 3 anos atrás: tiveste alguma resposta?

Hoje foi a minha vez, ou melhor, da minha esposa, tomou uma razia de um autocarro. Anotou os dados todos, então consegui mandar esta mensagem ao formulário de contacto da empresa:

Infelizmente não tenho câmera na bicicleta (nem gostaríamos de ter que ter), então vou tentar minha sorte na PSP adaptando teu email.

[]s

1 Like

Eu tive sempre respostas das queixas e denuncias que fiz quer em Lisboa quer em Oeiras, mas sei por relatos de outras pessoas que em outras localidades as autoridades não tem dado seguimento.
No caso do Porto creio que não tem havido muita receptividade das autoridades para tratarem destas denuncias… mas temos de ir insistindo!

1 Like

Bom, enviamos email à esquadra e à divisão de trânsito de Matosinhos. Vamos ver se haverá alguma resposta…

[]s

1 Like