Frente ribeirinha vai ter avenida ciclável de Santa Apolónia ao Cais do Sodré

1 Like

continua a ser atravessada por carros…

1 Like

Pelo boneco não percebo o que acontece à ciclovia em frente à estação fluvial…

@Herculano_Rebordao, @brunobarao, tema para a próxima reunião com a DMMT.

5 Likes

Acaba no passeio :upside_down_face:

Captura%20de%20Ecr%C3%A3%20(253)_LI
(minuto 01:20, aqui)

4 Likes

Nesse ponto está pintada, desde há várias semanas, uma faixa verde transversal à faixa de rodagem. Deve ser para mandar as bicicletas para o outro passeio…

2 Likes

Isso não significa que acaba no passeio. Significa que a via ciclável segregada acaba aí e que os ciclistas podem continuar pela estrada com os carros. Esse atravessamento aí é para permitir a ligação entre a ciclovia e a estrada.

2 Likes

Se fechassem aquilo de vez ao trânsito motorizado, isto já não seria necessário.

1 Like

Jornal Destak 2019/11/28 página 02 (sem contar as páginas de capa publicitárias)

http://www.destak.pt/docs/5786/dtk-3466.pdf

image

Reabilitação da frente ribeirinha vai ser paga com ajuda da taxa turística

A reabilitação da frente ribeirinha de Lisboa, entre Santa Apolónia e o Cais do Sodré, estará concluída em 2020 e vai custar 27 milhões de euros. Segundo Vítor Costa, diretor-geral da ATL - Associação de Turismo de Lisboa – a entidade responsável pela reabilitação –, do total do custo da intervenção foram “já aprovados 16 milhões pela Câmara de Lisboa provenientes de taxas turísticas e 11 milhões serão assegurados pela ATL”.

1 Like