Luxemburgo é oficialmente o primeiro país do mundo com transportes públicos grátis

1 Curtiu

Public transport prices on state-owned service across Spain have already been slashed in half in response to rapidly rising energy and inflation rates. Now the government has announced further 100% discounts.

As of September, passengers will be able to travel across various trains operated by public train network Renfe for absolutely nothing.

1 Curtiu

“O problema é que o PART está a ser vendido como um programa de incentivo à mobilidade verde, quando é apenas uma ferramenta de financiamento. O Governo não está a ser capaz de ter um documento estratégico para reforçar a adesão aos transportes públicos”, frisa, defendendo que deveria existir “uma lei de bases da mobilidade” e descrevendo o PART como meramente “um programa que lava consciências”.

Países como a Estónia têm comprovado que o preço reduzido (ou até inexistente) dos passes não é suficiente para, por si só, fazer com que a população passe do carro para soluções menos poluentes. Em 2013, a capital Tallinn implementou um sistema no âmbito do qual começou a permitir que os cidadãos pudessem aceder aos transportes públicos gratuitamente. Nove anos depois, os especialistas questionam o aparente insucesso da medida. “Aquilo a que realmente assistimos em Tallinn foi que, em nove anos, o salto dos transportes públicos para os carros aumentou”,

1 Curtiu