Odivelas - Alfragide - Sugestões de commute

Etiquetas: #<Tag:0x00007fdd1334e3e0> #<Tag:0x00007fdd1334e318> #<Tag:0x00007fdd1334e250> #<Tag:0x00007fdd1334e188>

Viva pessoal,

Estou a tentar ajudar um amigo meu a vir de bike para o trabalho :slight_smile:

Ele vem de Odivelas para Alfragide.

No naviki conseguimos fugir à calçada de carriche por aqui :
https://www.naviki.org/pt/naviki/planear-rota/#p=38.77688745800442,-9.185471534729004&z=16&d[0]=38.79258,-9.1827&d[1]=38.7304,-9.22419&rp=daily

Mas aquela subida na rua 1º de maio continua a ser desmotivante. Conhecem alternativas mesmo que acrescentem mais km ?

2 Likes

ola
eu já fiz outro percurso para subir, mas tem sempre uma zona muito complicada (não há milagres, a não ser “Bosch” :wink:

2 Likes

Ia sugerir também a alternativa que o @antoniopedro colocou. Em Odivelas ir pela estrada da Paiã, passar os Bombeiros da Pontinha e subir para a Pontinha pela Escola Preparatória Gonçalves Crespo (R. da Liberdade).
Não é uma subida fácil, mas é menos íngreme e mais curta que as outras alternativas. Mesmo a correr, opto sempre por ir por aí.

2 Likes

Obrigado malta, vamos testar isto :slight_smile:

1 Like

Quanto a subir a Rua 1. de Maio, na Serra da Luz eu tenho uma opinião baseada na minha própria experiência:

https://forum.mubi.pt/t/pedido-241-lisboa-recomendacao-de-rota-odivelas-marques-de-pombal/3693/37

Quando morava ai perto era por ai que subia para vir para Lisboa.
A subida parece-me que é a menos agressiva e faz-se mais ou menos.
O que gostava menos era a fila continua de carros para deixar os miúdos na escola, apanhava ali muita poluição! Mas isso dependerá da hora.

1 Like

Nunca experimentei ir pela tal rota sugerida pelo naviki, mas vi que tem uma parte na Rua Dom José I com inclinação de 23%!

https://www.komoot.com/plan/tour/d09Ak_tuP9z4cM=FxiABPiud8Dm-ftNkAA=/@38.7721198,-9.1802573,16z

Isso é mesmo para levar a bicla à mão!

PS: Além de que parece que existe um sinal de sentido proibido em https://www.google.com/maps/@38.7759914,-9.1905169,3a,75y,151.05h,92.13t/data=!3m6!1e1!3m4!1sQfs_LuTLPKryUjT4TcCPxg!2e0!7i13312!8i6656 que nem o Naviki nem o Komoot estão a respeitar!

1 Like

Não sei que parte de Alfragide é o destino, mas vou sugerir um caminho. Estou a assumir a Siemens.

Vou detalhar em 3 fases porque a bicicleta tem que passar em sítios onde só é suposto andar a pé e outros onde não é suposto andarem peões:

  1. https://www.google.com/maps/dir/38.785226,-9.1851283/38.758051,-9.206209/@38.771528,-9.2020548,3091m/data=!3m1!1e3!4m9!4m8!1m5!3m4!1m2!1d-9.2130077!2d38.7721054!3s0xd1ecd6a8949f9cd:0xd1bd8cd8386e5e3d!1m0!3e2

1.a. Na rotunda que sobe para o Dolce Vita Tejo / Ubbo, subir em direcção ao mesmo, pelo passeio do lado esquerdo, até encontrar o túnel da Brandoa. Atenção que há uma vala antes que parece o túnel. Fazer “Teleport” para a Brandoa, e depois virar imediatamente para a esquerda (Não ir em frente pelo centro da Brandoa, as ruas são muito apertadas e subidas íngremes, já me deu o “homem da marreta” a subir lá e tinha almoçado uma valente feijoada!) seguindo a Rua da Paiã, sempre encostadinho à CRIL. Registo que também é uma subida puxada, mas não tanto como outras alternativas.

1.b No fim da Rua da Paiã, atravessar a passadeira da mesma e a passadeira da Estrada da Brandoa também. A saída que queríamos tomar à esquerda, agora fica em frente.

1.c Seguir sempre conforme a rota aí indicada até chegar à rotunda esquisita onde eu marquei o ponto final.

  1. https://www.google.com/maps/dir/38.7576904,-9.205916/38.7376453,-9.2276359/@38.7480256,-9.2216259,2499m/data=!3m1!1e3!4m2!4m1!3e0

Na parte onde cruza com a linha combóio, na Rua D. Pedro V, há pseudo-ciclovia no passeio.

  1. https://www.google.com/maps/dir/38.7376453,-9.2276359/38.7373958,-9.2286426/@38.7374106,-9.2282989,83m/data=!3m1!1e3!4m2!4m1!3e2

Atravessar passadeiras e o viaduto pedonal aéreo que passa por cima da N117/Estada dos Cabos d’Ávila.

.

1 Like

Obrigadão @Sergio_Loureiro, o meu caminho será muito semelhante a esse, a meio faço uma paragem na reboleira :wink: Não sabia que o túnel da brandoa dava para passar, no fim da estrada da paiã ia em direção as portas de Benfica.

Espero brevemente testar ambas as opções e informo :wink: a minha menina, que aguardo pela chegada, é electrica :ok_hand:

2 Likes

Hoje fui a pedalar até à Massa Crítica de Oeiras e fiz um caminho um bocadinho diferente.

  1. Estou na ideia que talvez seja melhor que o “Teleport” do túnel da Brandoa, já que se vira logo à esquerda encostado à Escola Profiisional Agrícola da Paiã.

https://www.google.com/maps/dir/N8,+Odivelas/38.7377075,-9.2274862/@38.7425439,-9.2189619,15.59z/data=!4m16!4m15!1m10!1m1!1s0xd1932a6530dfc59:0xd6799325a09bb96b!2m2!1d-9.1761518!2d38.790562!3m4!1m2!1d-9.2012158!2d38.771399!3s0xd1ecd47e4b140a9:0xce8a5175caa7d2be!1m0!2m1!1b1!3e0

  1. Ou com uma pequena variação na Pontinha, que em vez de se ir pela Rua de Olivença, se vai pela Rua de Santo Eloy:

https://www.google.com/maps/dir/N8,+Odivelas/38.7377075,-9.2274862/@38.7688558,-9.1990342,16.59z/data=!4m21!4m20!1m15!1m1!1s0xd1932a6530dfc59:0xd6799325a09bb96b!2m2!1d-9.1761518!2d38.790562!3m4!1m2!1d-9.2012158!2d38.771399!3s0xd1ecd47e4b140a9:0xce8a5175caa7d2be!3m4!1m2!1d-9.2015615!2d38.7670345!3s0xd1ecd39dce2f1c3:0x15d3338c11a0be70!1m0!2m1!1b1!3e0

Na prática queria fazer a 1. opção, mas acabei a fazer a 2. porque me enganei no caminho.

Uma das vantagens que subir pela Rua Pedro Álvares Cabral tinha até há pouco tempo era haver numa parte do trecho a subir duas faixas, o que dava espaço para os carros ultrapassarem sem incomodarem ninguém.

Fui apanhado de surpresa hoje: Agora puseram lá separadores de betão New Jersey entre a berma e a estrada, o que torna mais chato na parte onde as duas faixas já acabaram; e eu aí mudei-me para o outro lado dos separadores, e passei a fazer pela berma.

Ou seja, aqui saí da estrada para a berma: https://www.google.com/maps/@38.7716036,-9.2018366,3a,75y,155.33h,101.25t/data=!3m7!1e1!3m5!1sDGx0pBM3o2FLpxQPSL0CEg!2e0!5s20180401T000000!7i13312!8i6656

Para a próxima talvez continue na estrada, pois há um semáforo logo acima, o que obriga os carros a andarem devagar.

Mesmo assim tenho de dizer que tanto aqui como no teleport, uma pessoa a subir fica com “os bofes de fora”!

1 Like

Uma parte que não gostei nada foi de ter subido a picada que sobe depois do Lidl de Alfragide.

Já fiz outro passeio entretanto, em que eu não vinha de Odivelas, e passou pela Estrada do Seminário. Fiquei na dúvida se não seria melhor: https://www.google.com/maps/dir/38.7377604,-9.2142437/38.734179,-9.2353745/@38.7346931,-9.2273485,16.01z/data=!4m4!4m3!2m1!1b1!3e2

https://www.google.com/maps/dir/38.7377604,-9.2142437/38.734179,-9.2353745/@38.7346931,-9.2273485,16.01z/data=!4m4!4m3!2m1!1b1!3e2

Depois brinquei um bocadinho na página do Komoot e descobri um viaduto pedonal por cima do IC19. Como penso não vou ter que descer tanto para o buraco das rotundas que são por baixo do IC19, não devo ter que voltar a subir: https://www.google.com/maps/dir/38.7377604,-9.2142437/38.734179,-9.2353745/@38.7346598,-9.2274337,16.01z/data=!4m4!4m3!2m1!1b1!3e2

https://www.google.com/maps/dir/38.7377604,-9.2142437/38.734179,-9.2353745/@38.7346598,-9.2274337,16.01z/data=!4m4!4m3!2m1!1b1!3e2

Portanto o viaduto será a minha próxima passagem no dia que voltar a ir para aquelas bandas.