Odivelas - Alfragide - Sugestões de commute

Etiquetas: #<Tag:0x00007f7a002ec9b8> #<Tag:0x00007f7a002ec8c8> #<Tag:0x00007f7a002ec7d8> #<Tag:0x00007f7a002ec698>

Viva pessoal,

Estou a tentar ajudar um amigo meu a vir de bike para o trabalho :slight_smile:

Ele vem de Odivelas para Alfragide.

No naviki conseguimos fugir à calçada de carriche por aqui :
https://www.naviki.org/pt/naviki/planear-rota/#p=38.77688745800442,-9.185471534729004&z=16&d[0]=38.79258,-9.1827&d[1]=38.7304,-9.22419&rp=daily

Mas aquela subida na rua 1º de maio continua a ser desmotivante. Conhecem alternativas mesmo que acrescentem mais km ?

2 Likes

ola
eu já fiz outro percurso para subir, mas tem sempre uma zona muito complicada (não há milagres, a não ser “Bosch” :wink:

2 Likes

Ia sugerir também a alternativa que o @antoniopedro colocou. Em Odivelas ir pela estrada da Paiã, passar os Bombeiros da Pontinha e subir para a Pontinha pela Escola Preparatória Gonçalves Crespo (R. da Liberdade).
Não é uma subida fácil, mas é menos íngreme e mais curta que as outras alternativas. Mesmo a correr, opto sempre por ir por aí.

2 Likes

Obrigado malta, vamos testar isto :slight_smile:

1 Like

Quanto a subir a Rua 1. de Maio, na Serra da Luz eu tenho uma opinião baseada na minha própria experiência:

https://forum.mubi.pt/t/pedido-241-lisboa-recomendacao-de-rota-odivelas-marques-de-pombal/3693/37

Quando morava ai perto era por ai que subia para vir para Lisboa.
A subida parece-me que é a menos agressiva e faz-se mais ou menos.
O que gostava menos era a fila continua de carros para deixar os miúdos na escola, apanhava ali muita poluição! Mas isso dependerá da hora.

1 Like

Nunca experimentei ir pela tal rota sugerida pelo naviki, mas vi que tem uma parte na Rua Dom José I com inclinação de 23%!

https://www.komoot.com/plan/tour/d09Ak_tuP9z4cM=FxiABPiud8Dm-ftNkAA=/@38.7721198,-9.1802573,16z

Isso é mesmo para levar a bicla à mão!

PS: Além de que parece que existe um sinal de sentido proibido em https://www.google.com/maps/@38.7759914,-9.1905169,3a,75y,151.05h,92.13t/data=!3m6!1e1!3m4!1sQfs_LuTLPKryUjT4TcCPxg!2e0!7i13312!8i6656 que nem o Naviki nem o Komoot estão a respeitar!

1 Like

Não sei que parte de Alfragide é o destino, mas vou sugerir um caminho. Estou a assumir a Siemens.

Vou detalhar em 3 fases porque a bicicleta tem que passar em sítios onde só é suposto andar a pé e outros onde não é suposto andarem peões:

  1. https://www.google.com/maps/dir/38.785226,-9.1851283/38.758051,-9.206209/@38.771528,-9.2020548,3091m/data=!3m1!1e3!4m9!4m8!1m5!3m4!1m2!1d-9.2130077!2d38.7721054!3s0xd1ecd6a8949f9cd:0xd1bd8cd8386e5e3d!1m0!3e2

1.a. Na rotunda que sobe para o Dolce Vita Tejo / Ubbo, subir em direcção ao mesmo, pelo passeio do lado esquerdo, até encontrar o túnel da Brandoa. Atenção que há uma vala antes que parece o túnel. Fazer “Teleport” para a Brandoa, e depois virar imediatamente para a esquerda (Não ir em frente pelo centro da Brandoa, as ruas são muito apertadas e subidas íngremes, já me deu o “homem da marreta” a subir lá e tinha almoçado uma valente feijoada!) seguindo a Rua da Paiã, sempre encostadinho à CRIL. Registo que também é uma subida puxada, mas não tanto como outras alternativas.

1.b No fim da Rua da Paiã, atravessar a passadeira da mesma e a passadeira da Estrada da Brandoa também. A saída que queríamos tomar à esquerda, agora fica em frente.

1.c Seguir sempre conforme a rota aí indicada até chegar à rotunda esquisita onde eu marquei o ponto final.

  1. https://www.google.com/maps/dir/38.7576904,-9.205916/38.7376453,-9.2276359/@38.7480256,-9.2216259,2499m/data=!3m1!1e3!4m2!4m1!3e0

Na parte onde cruza com a linha combóio, na Rua D. Pedro V, há pseudo-ciclovia no passeio.

  1. https://www.google.com/maps/dir/38.7376453,-9.2276359/38.7373958,-9.2286426/@38.7374106,-9.2282989,83m/data=!3m1!1e3!4m2!4m1!3e2

Atravessar passadeiras e o viaduto pedonal aéreo que passa por cima da N117/Estada dos Cabos d’Ávila.

.

1 Like

Obrigadão @Sergio_Loureiro, o meu caminho será muito semelhante a esse, a meio faço uma paragem na reboleira :wink: Não sabia que o túnel da brandoa dava para passar, no fim da estrada da paiã ia em direção as portas de Benfica.

Espero brevemente testar ambas as opções e informo :wink: a minha menina, que aguardo pela chegada, é electrica :ok_hand:

3 Likes

Hoje fui a pedalar até à Massa Crítica de Oeiras e fiz um caminho um bocadinho diferente.

  1. Estou na ideia que talvez seja melhor que o “Teleport” do túnel da Brandoa, já que se vira logo à esquerda encostado à Escola Profiisional Agrícola da Paiã.

https://www.google.com/maps/dir/N8,+Odivelas/38.7377075,-9.2274862/@38.7425439,-9.2189619,15.59z/data=!4m16!4m15!1m10!1m1!1s0xd1932a6530dfc59:0xd6799325a09bb96b!2m2!1d-9.1761518!2d38.790562!3m4!1m2!1d-9.2012158!2d38.771399!3s0xd1ecd47e4b140a9:0xce8a5175caa7d2be!1m0!2m1!1b1!3e0

  1. Ou com uma pequena variação na Pontinha, que em vez de se ir pela Rua de Olivença, se vai pela Rua de Santo Eloy:

https://www.google.com/maps/dir/N8,+Odivelas/38.7377075,-9.2274862/@38.7688558,-9.1990342,16.59z/data=!4m21!4m20!1m15!1m1!1s0xd1932a6530dfc59:0xd6799325a09bb96b!2m2!1d-9.1761518!2d38.790562!3m4!1m2!1d-9.2012158!2d38.771399!3s0xd1ecd47e4b140a9:0xce8a5175caa7d2be!3m4!1m2!1d-9.2015615!2d38.7670345!3s0xd1ecd39dce2f1c3:0x15d3338c11a0be70!1m0!2m1!1b1!3e0

Na prática queria fazer a 1. opção, mas acabei a fazer a 2. porque me enganei no caminho.

Uma das vantagens que subir pela Rua Pedro Álvares Cabral tinha até há pouco tempo era haver numa parte do trecho a subir duas faixas, o que dava espaço para os carros ultrapassarem sem incomodarem ninguém.

Fui apanhado de surpresa hoje: Agora puseram lá separadores de betão New Jersey entre a berma e a estrada, o que torna mais chato na parte onde as duas faixas já acabaram; e eu aí mudei-me para o outro lado dos separadores, e passei a fazer pela berma.

Ou seja, aqui saí da estrada para a berma: https://www.google.com/maps/@38.7716036,-9.2018366,3a,75y,155.33h,101.25t/data=!3m7!1e1!3m5!1sDGx0pBM3o2FLpxQPSL0CEg!2e0!5s20180401T000000!7i13312!8i6656

Para a próxima talvez continue na estrada, pois há um semáforo logo acima, o que obriga os carros a andarem devagar.

Mesmo assim tenho de dizer que tanto aqui como no teleport, uma pessoa a subir fica com “os bofes de fora”!

1 Like

Uma parte que não gostei nada foi de ter subido a picada que sobe depois do Lidl de Alfragide.

Já fiz outro passeio entretanto, em que eu não vinha de Odivelas, e passou pela Estrada do Seminário. Fiquei na dúvida se não seria melhor: https://www.google.com/maps/dir/38.7377604,-9.2142437/38.734179,-9.2353745/@38.7346931,-9.2273485,16.01z/data=!4m4!4m3!2m1!1b1!3e2

https://www.google.com/maps/dir/38.7377604,-9.2142437/38.734179,-9.2353745/@38.7346931,-9.2273485,16.01z/data=!4m4!4m3!2m1!1b1!3e2

Depois brinquei um bocadinho na página do Komoot e descobri um viaduto pedonal por cima do IC19. Como penso não vou ter que descer tanto para o buraco das rotundas que são por baixo do IC19, não devo ter que voltar a subir: https://www.google.com/maps/dir/38.7377604,-9.2142437/38.734179,-9.2353745/@38.7346598,-9.2274337,16.01z/data=!4m4!4m3!2m1!1b1!3e2

https://www.google.com/maps/dir/38.7377604,-9.2142437/38.734179,-9.2353745/@38.7346598,-9.2274337,16.01z/data=!4m4!4m3!2m1!1b1!3e2

Portanto o viaduto será a minha próxima passagem no dia que voltar a ir para aquelas bandas.

Hoje fui à Massa Crítica de Oeiras e fiz o que tinha planeado, ir pelo tal viaduto. Basicamente, em vez de como na vez anterior que fiz assim: The Best Route Planner for Cycling, Walking, Hiking and Running | Komoot

Hoje fiz pelo viaduto:The Best Route Planner for Cycling, Walking, Hiking and Running | Komoot

As conclusões são que:

  • Na Rua Ana de Castro Osório é uma subida que apesar da estrada ser larga, existe uma faixa de estacionamento no meio, e estou sempre a levar com pressão de carros atrás que me querem passar, e um piso péssimo de subir. Parei pelo menos duas ou três vezes para deixar os carros passarem.
  • O viaduto é estreito, tenho dúvidas se se consiga lá cruzar uma pessoa com uma bicicleta.O piso é excelente.
  • Nas Av.s da Força Aérea e da Quinta Grande ate ao cruzamento com a rua do Lidl o piso é igualmente tão mau ou pior do que a Rua Ana de Castro Osório
  • Não me custou grande coisa subir a estrada do cruzamento com a rua do Lidl até lá cima onde cruza com a N117.
    A volta é maior, mas parece valer a pena para compensar a inclinação.

Na volta para casa, decidi explorar para ver uma outra opção quando voltasse no sentido de ir. Assim fiz:

Aqui na Av. da República, há duas vias para cada sentido, portanto os carros terão espaço para me passarem; e o piso pare ser melhor. Talvez seja a minha próxima opção, e provalmente no fim a subir a Rua 7 de Julho: The Best Route Planner for Cycling, Walking, Hiking and Running | Komoot embora me dê algum asco eu estar a aproximar-me de entrar na Cova da Moura.

@Nankov


ACTUALIZAÇÃO, já que o fórum não me deixa escrever + de 3 mensagens seguidas:

Hoje mais uma vez fui para Oeiras.

A 1. coisa que tenho a dizer é que sendo eu contribuidor do OpenStreetMap fui lá dar uma martelada não muito legal que permite aos route planners calcular o percurso de bicicleta com ela a passar por cia do viaduto da Nokia Siemens no sentido Odivelas => Amadora. E constatei que o Komoot já mastigou esta alteração, pois eles têm um certo delay para processar os dados.

Frequency of updates on the komoot map

Your changes will be visible on OpenStreetMap immediately after you saved them. Before you can see your changes on komoot we need to process the data. Usually we update our map in the route planner every week, but those changes can be delayed for several reasons. It should not take longer than one month for you to see the changes you’ve made on our maps.

E deu uma rota a passar por lá :slight_smile:

Depois foi a vez de experimentar o tal caminho pela Av. da República na Damaia. Tem 2 faixas de cada lado para carros, o que é bom, ao dar-lhes espaço para me passarem. Basicamente o seguinte, https://www.google.com/maps/dir/38.7474342,-9.2158798/38.7413356,-9.2141657/@38.7444545,-9.215924,1005m/data=!3m2!1e3!4b1!4m2!4m1!3e0

até chegar a um caminho pedonal que me permite entrar para a Rua. Dr. Francisco Sousa Tavares.

Também tem semáforos, o que por um lado obriga os carros a andarem mais devagar para poderem parar. Mas o que podia ser uma ajuda para mim, tornou-se um entrave, pois estou numa subida e os timings dos semáforos não foram feitos a pensar em bicicletas. Tendo eu passado em verde, a meio do percurso ficou vermelho e vi carros a virem do lado direito e parei, para que nenhum pudesse ter a hipótese de me passar a ferro.

No cálculo geral, a subida é suave, mas demorei ainda um bom bocado a fazê-la. Estou na ideia de que não compensa em relação à minha descoberta anterior.

Talvez na próxima vez eu pense em ir por aqui: https://www.google.com/maps/dir/38.7469176,-9.2164876/38.7409482,-9.2181685/@38.7436582,-9.2189801,814m/data=!3m1!1e3!4m9!4m8!1m5!3m4!1m2!1d-9.2194145!2d38.7434991!3s0xd1ecce388ad5867:0x6c5b3ef7cd11859d!1m0!3e0

de maneira a evitar o máximo subir o piso intragável da Ana de Castro Osório.

Quando cheguei a Oeiras, falei com um ciclista de Queijas, dizendo-lhe que em fotografias antigas tinha visto que existia uma brecha entre a Rua Manuel Pereira de Azevedo e o ponto onde está o sinal de fim da A5 no respectivo ramal, mas que nas modernas parecia que estava tudo tapado com vegetação.Concretamente o ponto: https://www.google.com/maps/@38.7141131,-9.2580244,109m/data=!3m1!1e3

Ele respondeu-me que a tal brecha ainda existe, mas é preciso levar a bicicleta à mão e é preciso abrir-se um portão. O tal portão penso que até se vê de baixo na vista de rua do Google Maps, a partir do ramal de saída da A5: https://www.google.com/maps/@38.7138399,-9.2584895,3a,63.8y,36.27h,88.12t/data=!3m6!1e1!3m4!1sxSp9rZRyXttibCkVPaBong!2e0!7i16384!8i8192

Estou a pensar experimentar esta brecha a próxima vez que aqui passar.

No meu caminho de regresso, o ciclista foi meu Bike Buddy até à Damaia e viemos dos dois por um caminho que ele sugeriu, em vez do que eu habitualmente fazia.

A 1. parte viemos pela Estrada da Outurela, e na rotunda adequada, virámos à esquerda para o Hospital de Carnaxide. https://www.google.com/maps/dir/38.7247403,-9.2452695/38.734194,-9.2351362/@38.7290333,-9.2432323,16.67z/data=!4m2!4m1!3e0

https://www.google.com/maps/dir/38.7247403,-9.2452695/38.734194,-9.2351362/@38.7290333,-9.2432323,16.67z/data=!4m2!4m1!3e0

Digamos que foi uma subida bem mais suave que na minha vez anterior, que tinha ido pela rua Bombeiros, uma escarpa impraticável… Nem a vou colocar aqui! :stuck_out_tongue:

Depois daqui para a frente ele sugeriu-me um caminho para a Damaia que evita outra picada, a que passa à porta da SIBS em direcção ao viaduto da Nokia Siemens, também não passando porele, mas sim pela rotunda do Estado Maior da Força Aérea (EMFA). https://www.google.com/maps/dir/38.734178,-9.235112/38.7424512,-9.2118746/@38.7384905,-9.2274509,16.27z/data=!4m2!4m1!3e0

https://www.google.com/maps/dir/38.734178,-9.235112/38.7424512,-9.2118746/@38.7384905,-9.2274509,16.27z/data=!4m2!4m1!3e0

E de facto foi muito agradável evitar aquela subida a pique.

Na Pontinha, foi o pandemónio, porque as ruas são sentido único no sentido contrário ao que eu pretendo. Lá tive eu que descer à mão a Rua de Olivença :frowning:

Ver se na próxima vez atino com um caminho assim: https://www.google.com/maps/dir/38.76072,-9.2004391/38.7780923,-9.1998922/@38.769351,-9.2067564,15.94z/data=!4m11!4m10!1m5!3m4!1m2!1d-9.2010818!2d38.7626904!3s0xd1ecd307c28153b:0xb79e2122f126efe3!1m0!2m1!1b1!3e0

https://www.google.com/maps/dir/38.76072,-9.2004391/38.7780923,-9.1998922/@38.769351,-9.2067564,15.94z/data=!4m11!4m10!1m5!3m4!1m2!1d-9.2010818!2d38.7626904!3s0xd1ecd307c28153b:0xb79e2122f126efe3!1m0!2m1!1b1!3e0

É preciso descer até ao quartel da GNR, para depois ter de voltar a subir! :rage:

Eu preciso dum bike buddy aqui. Ou talvez haja uma alternativa melhor.

No fim, já na Paiã, tive um episódio desagradável de alguém que me passou de carro me atirou com água em cima :frowning: , como descrito em: Redirecting...

Vou ver se dou mais umas marteladas no OSM para que os route planners passem a considerar caminhos que contenham o “teleport” da Brandoa.

1 Like

Hoje fui fazer um passeio com algum pessoal e descobrimos um “teleport” por baixo do IC19, aqui, mais ou menos representado onde está a linha azul:

A posição da parte que passa estritamente debaixo do IC19 é em: https://www.google.com/maps/@38.7399663,-9.2113324,451m/data=!3m1!1e3

É um caminho não pavimentado, ou melhor, um trilho e tem uma parte com pedras bicudas. Portanto deverá ser impraticável com o piso molhado e apesar de eu o ter conseguido subir com uma touring, quem for de bicicleta de estrada com o pneu fininho, muito provavelmente terá de andar com ela uns metritos à mão.

@Nankov talvez seja do teu interesse.

ACTUALIZAÇÃO: Tal como o Manuel Monteiro disse em Redirecting... https://www.facebook.com/groups/massacriticaoeiras/posts/2574394512863155?comment_id=2597486267220646&reply_comment_id=2597488430553763
parece haver um caminho melhor em: https://www.google.com/maps/place/38°44’23.6"N+9°12’29.8"W/@38.7398889,-9.2104665,17z/data=!4m5!3m4!1s0x0:0x0!8m2!3d38.7398889!4d-9.2082778

1 Like

É este mesmo que costumo ir :blush: parece ser uma ciclovia e nunca me disseram nada.

1 Like

Alguém já parece ter contribuído esse trecho de ciclovia aqui: Ciclovias.pt - Ciclovias de Portugal

Mas eu tinha a ideia que te costumavas deslocar para um sítio onde o viaduto da Nokia Siemens ficava mais em caminho. Ou será alguma possível confusão da minha parte?

1 Like

O viaduto que te referes é o que passa por cima da “pista de formula 1” chamada Cabos d’Avila, certo?

´Certo. https://www.google.com/maps/@38.7373461,-9.2280702,158m/data=!3m1!1e3

1 Like

Pois, não vou por aí, passo por baixo da IC17 aonde referi antes e vou ter ao Ikea.
Passo no viaduto que dá para a rotunda do Centro Comercial Alegro :slight_smile:
Aqui: https://www.google.com/maps/place/38°43’39.5"N+9°13’00.1"W/@38.727644,-9.2172315,187m/data=!3m2!1e3!4b1!4m6!3m5!1s0x0:0x0!7e2!8m2!3d38.7276437!4d-9.2166832

1 Like