Onde guardar a bicicleta durante o dia de trabalho?

bikebuddy
Etiquetas: #<Tag:0x00007fb93c12fe10>

(Nuno Manuel) #1

Boa tarde a todos,
Há já algum tempo que estou interessado em começar a usar a bicicleta como meio de transporte mas infelizmente tenho um problema que presumo que seja o problema de muita gente que é onde deixo a minha bicicleta quando chego ao trabalho? A ideia seria começar em Algés e ir até à zona das Olaias.
Tenho algum receio de deixar a bicicleta na rua mesmo com os cadeados e gostaria de saber se existe alguém que use também a bicicleta e que eventualmente tenha alguma alternativa ou concelhos que possa dar.


(Nuro Carvalho) #2

Não consegues levar para dentro das instalações? Uma garagem ou algum cantinho?
E se for uma dobrável?


(Nuno Manuel) #3

Olá Nuro, eu poderia colocar na garagem mas o problema é que já foram roubadas coisas e até mesmo uma mota. Estou a tentar negociar com a empresa um lugar para a colocar mas não está fácil…
Relativamente à dobrável, não tenho nenhuma neste momento, nem estou a pensar investir numa porque já tenho uma citadina.


(Alexandre Climber) #4

Depende da zona das Olaias. Mas cadeado de corrente e cadeado em U, em frente à esquadra da policia, seria a minha opção.


(Alexandre Climber) #5

Fui agora ao google maps, e estão mais de 10 motas estacionadas ali :wink:

https://goo.gl/maps/wHWgr1yFG5H2


(Mário Rui André) #6

Não está fácil porquê, Nuno?


(Nuno Manuel) #7

Não está fácil Mário porque sendo apenas uma ou duas pessoas a força é menor, ainda assim estou a tentar juntar o maior numero de pessoas para que cause algum impacto, mas não sei se servirá de alguma coisa, vamos ver.
Eu acredito que o próximo passo são as empresas criarem condições para os trabalhadores que se deslocam nas suas bicicletas para o seu local de trabalho mas ainda acho que existe alguma resistência.


(Manuel Garcia) #8

No meu caso, faço Oeiras - Parque das Nações. A questão de deixar a bike na rua resolvi fazendo o commute ao contrário. Ou seja, como são 25km para cada lado não os faço todos os dias. Então levo a bike no carro de manhã, estaciono na garagem do trabalho e regresso para casa de bicicleta ao final do dia. No dia seguinte vou para o trabalho de bicicleta e arrumo-a na bagageira do carro. Ajuda ser uma bike velha, para não me arrombarem o carro.
Não é o ideal porque não dá para deixar de ter carro nem para todos os dias, mas no ano passado fiz mais de 1.500 km de commute com esta estratégia. Quero acreditar que já faz alguma diferença, mesmo sendo só uma vez por semana.
Para me motivar nestes treinos inventei o #commutechallege que consiste em desafiar a correr ou de bike o tempo que demoraria de carro ou de transportes públicos :smiley: Com bastante sucesso no caso dos transportes públicos (até a correr já fui mais rápido que o metro no trajecto Cais Sodré - Parque das Nações). No caso do carro só consigo bater o tempo quando há websummits e coisas do género.


(Nuno Manuel) #9

Olá Manuel,
Até acho a ideia interessante mas isso era se tivesse lugar de garagem no meu trabalho onde pudesse colocar o carro e para além disso, preciso sempre do carro para levar o meu filho à escola antes de vir para o trabalho e depois para o ir buscar.


(José Pinto) #10

bike-c21-b


(José Pinto) #11

Mandei fazer este suporte para colocar à porta da Agência… :wink:

Foi feito pela Metalúrgica Três Triângulos, no Pinhal Novo (com design meu). A espessura da chapa da base foi calculada para evitar alguém conseguir fugir com o conjunto suporte e bicicleta. Além disso, está à prova de tornados.

Neste local, fixar ao chão seria “complicado” devido à autorizações necessárias…


(Nuro Carvalho) #12

mas não estando fixo, não é ainda assim preciso uma autorização, pois ao fim ao cabo está num local da via pública, ou não?

ainda assim, EXCELENTE TRABALHO!! U rock!


(José Pinto) #13

Boa tarde Nuro. Se estivesse num passeio, suponho que seria necessário uma autorização da Junta de Freguesia, quanto mais não fosse para que alguém verificasse que não causava transtorno aos peões.
A nossa Agência está inserida numa galeria de lojas que não é ponto de passagem; é até necessário subir um lance de escadas para lá chegar. Aliás, o espaço faz parte do prédio. Dada a situação, avancei sem grandes preocupações.


(Sérgio Loureiro) #14

Só não o faço porque não tenho chuveiro no trabalho. Talvez sejas uma pessoa adequada para responderes ao meu tópico Cheiro corporal


(Rui Fonseca) #15

Pede um aumento e diz que é para comprar um carro.


(Manuel Reis Jorge) #16

Eu uso uma dobrável e levo a pelo elevador. Pode ficar na rua mas convem cadeado de boa qualidade. Haver um guarda não é uma garantia: roubaram me várias bicicletas (5 desde 2006) e lembro uma vez que foi de dia, a frente do policia e com um cadeadozeco.