Alimentação em duas rodas (Fueling)

Abro aqui a discussão para o tema da alimentação, especialmente para quem faz longas viagens, com uma curiosidade: Existe um Guinness World Record de alguem que comia bicicletas →

The record holder is Frenchman Michel Lotito, whose diet since 1966 has included 10 bicycles, a supermarket cart, seven television sets, six chandeliers, a coffin, and a Cessna light aircraft.

( From: Guinness to Drop Gluttony Records | AP News )

Comentem abaixo:

  • O que costumam vocês comer em longas viagens?
  • Comem em cima da bicicleta? Param para comer uma bucha?
  • Que alimentos recomendam e em que formato? Gelatinas? Papas? Barritas?
  • Se acabarem as frutas e legumes, considerariam comer uma bicicleta? :rofl:

image

Boa tarde Joel,

A minha “dieta” quando viajo de bicicleta costuma ser:

Pequeno almoço:
Iogurte/ou leite de soja com cereais
1 peça de fruta
bolo ou bolachas

Almoço:
Pão com salada ou tomate, com queijo e ou pate
(Por vezes, pode se aproveitar o que sobrou do jantar anterior, mas há que gostar de comer a comida fria…)

Jantar:
Refeição cozinhada com fonte de hidratos massa, arroz, couscous e algo para dar sabor, atum/salsichas, soja/seitan/tofu, com refogado, vegetais e especiarias
Vinho a acompanhar
Fruta

Para durante o dia, uso chocolate ou frutos secos, para dar boost, ou para aconchegar em caso de muita fome/esforço.

Geralmente paro sempre para comer. As viagens grandes que fiz, foi sempre para desfrutar, e nunca com metas malucas.

Os “ingredientes” vão se adaptando aos locais por onde passamos.

Nunca pedalei em África, onde acredito que a escassez, poderá ser dificil de comaltar.

A zona que mais me custou foi no Tajiquistão. Como geralmente nunca transporto comida para mais de 2/3 dias, e atravessei parte da Pamirs, com muitas zonas remotas e isoladas, durante vários dias, a variedade era muito pouca, e fazer refeicoes diarias, resumindo sempre aos mesmos ingredientes, por exemplo:
Verduras: courgetes cenouras e tomates
Sem carne e peixe fresco
Frutos secos: Alperces e amendoas de alperces
Fruta fresca: Já nem me lembro o que havia…
Ao fim de uma semana, já estavamos cansados de comer sempre a mesma coisa. E dado o esforço fisico, começamos a sentir bastante cansados fisicamente.

2 Curtiram

Viagens em bicicleta são a desculpa perfeita para comer porcaria! Muitos bolos, chocolate, batatas fritas e latas de atum. Às vezes também levo um saco cheio daquelas latinhas de paté de atum e sardinha, que ocupam pouco espaço, e quando passo numa padaria compro um ou dois pães para barrar e comer na hora para não ter de transportar o pão.

Só cozinho mesmo à noite e costuma ser coisas rápidas e simples, arroz/massa/batatas com alguma proteína a acompanhar - como não como carne ia muito para lentilhas vermelhas, salsichas vegetarianas ou peixe enlatado. Mas não tenho muita paciência por isso não me dou ao trabalho de fazer refogados e cozinhar coisas que demorem mais de 30 min a fazer. Quando era para despachar ia para o ramen instantâneo com ovo e salsichas.

1 Curtiu

Quando fiz a minha primeira viagem apenas levei as barrigas do costume e uma refeição a sério. Uma lata de bacalhau com azeite e alho e uma lata de grão , peguei nisso e numa taça e comi meia desfeita

1 Curtiu