Compra de uma Bicicleta para ir para o trabalho

Olá,
Procuro uma bike para fazer uma media de 40km diários (Casa -trabalho…), com algumas subidas.
O que podem sugerir? Sempre tive bikes de btt, mas procuro uma bike mais citadina ou hibrida.

Grato.

1 Curtiu

Eu tinha o mesmo dilema e acabei por comprar uma Riese & müller roadster.
Bicicleta topo em todos os aspectos.
Bateria para mais de 60 km e motor para todas as subidas. Suporte para malas ect
Infelizmente a minha vida vai mudar e coloquei a venda.
Se quiseres dar uma olho está na secção de compra e venda.

Obrigado, mas procuro uma bicicleta sem motor e logo mais barata.

É uma pergunta com uma infinidade de respostas (especialmente sem especificar a gama de preços que pretendes), mas na minha opinião a melhor escolha para ir trabalhar é uma “gravel bike”. Seguras, rápidas, leves e estreitas para passar no trânsito.

40km diários é puxado numa bicicleta convencional, especialmente com subidas - ainda por cima assumindo que tens de partilhar estrada com carros. Esse tipo de distâncias é território de ebike!

Se não quiseres mesmo investir numa elétrica e não quiseres gastar muito dinheiro, eu aconselho uma BTT dos anos 90, de quadro de aço, com pneus mais finos e slicks para estrada. Cesto à frente e estás servido, não há melhor. As rodas 26 vão ser mais lentas mas vais ter uma viagem confortável.
Deixo a minha como exemplo:

Se conseguir deitar a mão a alguma destas:

Recomendo vivamente. Mas existem outras bicicletas “citadinas” usadas por muitos ‘Bike Couriers’ que certamente serão uma excelente escolha.

Olá Bruno.

Há muito que me desloco de bicicleta para o trabalho. São cerca de 50 km de segunda a sexta. Por vezes, quando me sinto cansado opto por realizar metade do trajeto, normalmente o de volta, trazendo a bike no comboio.

Uma bike com assistência elétrica seria uma boa opção para os teus 40 km. Eu estou seriamente a pensar nessa opção para breve.

Concordo com todas as respostas que já obtiveste. Comecei com uma bicicleta roda 26 e quadro de aço, anos 90. Passei para uma de roda 700 de alumínio e finalmente estou com uma máquina, roda 29. Já permite pneus mais largos, muito versátil em que posso optar por alguns caminhos mais alternativos, sempre com grande segurança, performance e conforto. Trata-se de uma Gravel Bike.

Deixo aqui imagens das 3 versões de que falei. Gostei muito das 3, cada uma teve o seu tempo. Se conseguisses recuperar uma com quadro de aço, toda rígida, tipo anos 90, seria a versão mais económica, para começar.



Sairam á pouco tempo novos modelos para 2023, nomeadamente esta Cube, na secçao de Trekking

Custa cerca de 1000eur, mas há outras dentro da mesma gama (Trekking)

O modelo mais adequado às suas necessidades depende de imensos factores:
orçamento;
preferência por novo/usado;
espaço para parquear: pode determinar o tamanho de roda e se deverá ser dobrável;
condição física: peso da bicicleta e se convencional/eléctrica;
capacidade de carga: casa-supermercado/escola-trabalho;
tipo de piso(s) do percurso e nível de inclinação/ões.