Cidade Ciclável - a plataforma do estacionamento para bicicletas em Portugal. Participa!


(MUBi) #1

cidade-ciclavel-MUBi

Anunciamos o lançamento de uma nova plataforma online com o cunho MUBi: Cidade Ciclável .

Não seria bom poder-se andar de bicicleta na cidade para onde se quisesse? Um dos maiores obstáculos é a falta de lugares adequados para estacionar a bicicleta em segurança. Os bicicletários, como são chamados os estacionamentos para bicicletas, são criados para oferecer conforto e segurança aos ciclistas e funcionam também como promoção da utilização da bicicleta no dia-a-dia.

O Cidade Ciclável é um mapeamento de bicicletários que visa (1) dar visibilidade aos que existem, avaliar a sua qualidade e (2) assinalar os locais onde é necessário existirem mais.

Ao longo do último ano, estivemos nos bastidores a aprimorar este mapa colaborativo sobre parqueamentos para bicicleta. Simples, seguro, rápido, este site adapta-se a qualquer ecrâ (computador, tablet, telemóvel) e podes usá-lo como se de uma app se tratasse. Basta acederes a: https://cidadeciclavel.mubi.pt/

Queremos mais bicicletários nas cidades portuguesas, mas também queremos que eles sejam seguros e práticos.

Neste momento, há 3 equipas atentas à informação gerada em Aveiro, Lisboa e Setúbal, pronta para trabalhar esses dados e a colaborar com as Juntas de Freguesia, Câmaras Municipais e empresas. Mas poderás usar o mapa em qualquer ponto do país, assinalando e avaliando bicicletários existentes ou pedindo e apoiando um pedido de novo bicicletário.

Este é um projecto que resulta da colaboração entre a MUBi e a Bike de Boa (https://www.bikedeboa.com.br/), um grupo fantástico de programadores do outro lado do Atlântico, no Brasil, autores da plataforma original.

A nossa visão é de cidades para todos, não apenas para ir e voltar, mas para se estar e parar. Gostaste deste projecto? Fala connosco.

O Cidade Ciclável é feito com dedicação por ciclistas, para ciclistas. É gratuito e aberto.

Participa! Usa a plataforma no teu dia-a-dia e contribui para uma cidade melhor.

A cidade agradece!


(Manuel Costa Henriques) #2

Excelente iniciativa :smile:

Vai atenuar a imensa falta de estacionamentos seguros para Bicicletas, mas pelo menos as pessoas vão estar bem informadas onde estão os poucos estacionamentos SEGUROS que existem!


(António Miguel Martins de Carvalho) #3

Agora é só contribuir todos os dias. 1 contributo por dia = 365 contributos por ano x numero de utilizadores

Contributo = avaliação ou sinalizaçao de parqueamento existente ou pedido de novo bicicletário ou apoio de pedido


(Aónio Eliphis) #4

MUITOS PARABÉNS! Há muito tempo que não via um projecto da MUBi tão construtivo e edificante


(Rui Igreja) #5

Na newsletter da Smart Cities:
http://eepurl.com/guAHrf


(Sérgio Loureiro) #6

Já lá fui dar também o meu insignificantíssimo contributo.
Não fazia sentido fundi-lo com um mapa de ciclovias?


(Marta) #7

Também já dei o meu singelo contributo, com 5 bicicletários. Leiria não deve ter muitos ciclistas… Curioso que já alguém avaliou 3 deles, mas não adicionou nenhum. :wink: Pode ser que entretanto quem o fez se sinta convidado a adicionar algum que eu não conheça (que devem ser vários, claro).
Também gostava que desse para introduzir troços de ciclovia… Aqui em Leiria seria coisa rápida, pela sua escassez. :sweat_smile:


(Nuro Carvalho) #8

Será uma funcionalidade futura ter outro tipo de infraestruturas, como ciclovias, calhas em escadas, caixas de parqueamento, etc. É feito com trabalho voluntário, as coisas levam o seu tempo.

Até lá vai contribuindo sff…


(Nuro Carvalho) #9

Hehe, fui eu. Pelas fotos e localização, eu estudei em Leiria, dá para avaliar.

Além dos que existem podem submeter pedidos de novos onde acham que faz sentido existir e estão em falta.


(Marta) #10

ahhhh… É que como há o projeto U-Bike aqui no IPL, estou com esperança que eles contribuam… Fui agora partilhar a plataforma na página o FB deles, pode ser que autorizem a publicação e alguns estudantes/utilizadores da U-bike colaborem também. Que pena tenho de não poder usar a U-bike…


(Rui Martins) #11

A minha pergunta é:
Não seria vantajoso incluir uma ou duas categorias negativas?
Para os casos de algum erro gritante na conceção ou implementação?
Talvez isto seja desvirtuar um pouco o processo, acredito.

Dou dois exemplos, “aqui nas imediações”:

  1. Há um bicicletário junto à Estação da CP de Algés que ninguém nunca descobrirá a menos de um acaso. Parece-me curto não assinalar “visivel”, o bicicletário é perigoso por estar mesmo escondido.
  2. Um outro frente à esquadra de polícia de Belém. Parece-me que talvez fosse útil algo mais do que não assinalar “espaçoso”, visto que é impossível colocar sem forçar a bicicleta nos espaços interiores.

(Sei bem que estas sugestões deveriam ter sido colocadas na fase de testes mas não o pude fazer) :expressionless:


(Nuro Carvalho) #12

Podes dar 1 estrela… que é uma forma de categorizar a qualidade dos bicicletários.


(Aónio Eliphis) #13

Boas @Sergio_Loureiro. Ciclovias não são “pontos” no mapa os quais tiramos uma foto e contribuímos. São estruturas extensas (ou pelo menos deveriam ser), cujo objetivo é transportar os ciclcistas de A para B, e para isso já temos o Google Maps na aba das bicicletas (julgo que há em Lisboa).

Tens também no site da CML
https://www.cicloviaslx.com/

O mapa do site da CML também tem parques para bicicletas, mas a vantagem deste projeto da MUBi, é que não são meros burocratas incompetentes sentados nas opíparas cadeiras do Terreiro do Paço que decidem se aquele parque específico para bicicletas é bom ou mau, mas os utilizadores diários da bicicleta.


(Marta) #14

pois eu gostei do projeto precisamente por nem no Google Maps, nem no Site da CM Leiria há referência a ciclovias ou estacionamento de bicicletas… E não sei como posso contribuir para a introdução dos troços de ciclovias de Leiria no Google Maps, por exemplo…


(Sérgio Loureiro) #15

Na página https://www.cicloviaslx.com/ a Av. Eugénio de Andrade está marcada com Ciclovia, mas a última vez que lá passei foi há pouco tempo e não tinha. Alguém confirma?


(José João Leiria Ralha) #16

O www.cicloviaslx.com não é da CML — é gerido por uma pessoa com contribuições voluntárias.

O Google Maps ainda não tem aba de bicicletas para Lisboa (e mesmo a pesquisa de transportes públicos deixa imenso a desejar). Mas penso que o Google Maps usa dados oficiais…

A CML tem um mapa das ciclovias em dados abertos (http://geodados.cm-lisboa.pt/datasets/ciclovias) que até tem a vantagem de permitir filtrar a informação (https://forum.mubi.pt/t/200-kms-pedalaveis/6187/2?u=jjleiria), mas desactualizado, e outro mapa com o plano da rede ciclável existente e prevista: https://lisboa.city-platform.com/app/?a=redeciclavel


(Sérgio Loureiro) #17

A palavra do século! Toda a minha vida mudou depois que a descobri aqui no rol de mensagens!


(Tadeu Saldanha) #18

Boa tarde, eu sou um dos desenvolvedores do bike de boa no Brasil e responsável pelo Cidade Ciclável em conjunto com a MUBi :slight_smile:

Para dar um pouco mais de contexto sobre como o Bike de Boa foi feito, o projeto começou na cidade de Porto Alegre em 2016 e visa uma questão mais educativa, em como ajudar as pessoas não só a achar onde estacionar bem como melhorar a consciência em como avaliar o mobiliário urbano. Não necessariamente é uma bala de prata para resolver todos os problemas.

Sobre as categorias ou classificações negativas, não vamos ter.
Estudamos bastante a questão e trabalhamos somente com reforço positivo, se um bicicletário é ruim, basta assinar 1 estrela como foi sugerido. Se é bom basta assinalar as características boas e nota alta, caso contrario nota baixa sem mais informações.

Ciclovias e/ou rotas, a principio queríamos ressaltar e dar toda a visibilidade a questão dos bicicletários e mostrar que existe muita demanda. E focar em rotas e deslocamentos tiraria um pouco do foco para esta questão. No Brasil, onde começamos, o Google Maps tem informações das Prefeituras então não é muito problema, usamos o Bike de Boa em complemento ao Google Maps, mas eu percebi quando morei em Lisboa que não existe muita visibilidade sobre onde eu posso achar as ciclovias. A fonte mais confiável que eu encontrei foi open street maps e comecei até um projeto paralelo para mostrar as ciclovias.
Entendo que existe a demanda e a oportunidade de agregar esses dados no Cidade Ciclável e no futuro (não posso precisar tempo) teremos esses dados.

Espero que o projeto esteja contribuindo para questão da mobilidade em Portugal e fico feliz pelo feedback positivo :slight_smile:

Qualquer coisa estou a disposição para escutar e melhorar a APP.

Abraços!


(Aónio Eliphis) #19

Olá @tsaldanha

Já pensaram desenvolver uma APP para Android/iOS ? Acho que quando te referes a APP referes-te a um webview, pois não encontrei a APP na Play Store?

Não seria mal visto as ciclovias estarem particionadas por troços, cada troço em cada rua, sendo que os utlizadores poderiam avaliar cada um desses troços, também de 1 a 5. Que te parece?


(Aónio Eliphis) #20

btw, se precisares de umas dicas para converter o vosso webview para uma APP Android/iOS diz-me, que te posso ajudar. Podes fazê-lo com Apache Cordova