Informação acerca de binas

Bom Dia a todos:
Enviei um mail ao João P. Ferreira que me indicou este forum e que disse que aqui me responderiam a todas as dúvidas que tivesse acerca das binas!!!
Assim sendo… tive conhecimento das Binas há relativamente pouco tempo, no entanto e sabendo que resido a uma distância de mais ou menos 16 Kms do meu local de emprego, é viável adquirir uma Bina a pensar fazer este trajecto 2 vezes por dia?! Qaul o consumo/autonomia das mesmas? Sei que a velocidade é “medida” em tempo de viagem nestes veículos, no entanto e para ter uma ideia, qual a velocidade máxima das várias versões de motores?!
Sabendo que resido em Coimbra, alguem me pode dar informações de onde posso adquirir uma!?
Se falarmos de carros até entendo alguma coisa, mas de motas não entendo rigorosamente nada… por isso pergunto onde posso encontrar alguma coisa relativamente a manutenção das mesmas!
Desde já agradeço a atenção e disponibilidade para responder a uma pessoa completamente “cega” neste assunto.

4 Likes

O que é uma “Bina”? É o nome/marca de alguma bicicleta especial?
(Lamento mas não conheço)

Bina é o que eu conheço como sendo a mais conhecida das Bicicletas motorizadas!!, mas provavelmente existem outras, não sei!

O que pretendes e’ uma bicicleta electrica ? http://www.cenasapedal.com/tag/bicicletas-electricas/

Nesta loja vais encontrar bons modelos http://www.bikezone.pt/pt/content/30-bike-zone-coimbra

Pode ser que algumas pessoas aqui, que sejam de Coimbra, te possam indicar mais lojas.

Não, o que pretendo é uma bicicleta a motor… existem umas com 39cc, outras com 59cc…mas são a gasolina a dois tempos!

Há uns anos atrás havia Binas á venda no Porto, na Rua Sampaio Bruno, em frente ao café Embaixador. Suponho que já não se vendem no mesmo local; não sei se ainda se vendem em algum lado. Presumo ainda que por terem motor a gasolina e não disporem de assistência à pedalada, mas de tração contínua, apesar da presença de pedais, como a antiga Solex ( por meio de um acelerador) não possam ser legalmente equiparadas a velocípedes, como o são a maioria das bicicletas elétricas com homologação (alguns modelos de bicicletas elétricas de fabrico asiático, dotadas de acelerador ,ou com potência igual ou superior a 250W não são legalmente considerados velocípedes). Convém ter cuidado na compra, não vá atropelar-se um peão com um ciclomotor( para efeitos legais), sem matrícula e sem seguro. Nunca as Binas me apaixonaram por serem ruidosas , muito poluentes e terem a manutenção inerente. Por informação que obtive na altura em que a directiva comunitária sobre o assunto não tinha sido ainda transposta para o direito português, alguns fabricantes valeram-se desse furo legal para vender esses veículos, os quais estão em circulação.
Alguém da área jurídica pode confirmar o rigor das informaçõe que descrevi?

Fernando Magalhães

2 Likes

Sei que ainda se vendem! Em termos legais não tenho ainda o conhecimento necessário para afirmar que são ou não legais, mas segundo informação de um agente da GNR, sim, são legais, por se considerarem bicicletas auxiliadas por motor.
No que refere a poluição… claro que são poluentes, por é um motor a 2 tempos, mas as bicicletas electricas não permitem obter a mesma velocidade nem a preço das binas!!!
Tal como referi antes, não tenho muita informação acerca deste assunto e por esse facto peço ajuda para obter toda a informação de que necessito no caso de decidir por adquirir uma delas.

As Binas não são velocípedes a motor, ou “bicicletas com assistência eléctrica”, são ciclomotores com assistência a pedal (que na prática ninguém usa). Duvido que sejam homologados sequer como ciclomotores pois não cumprirão concerteza os requisitos técnicos dessa categoria de veículos.

Para velocidade, uma boa bicicleta de trekking é o melhor para esse casa-trabalho de 16 Km x 2. Para gestão do esforço, uma bicicleta pedelec permite manter uma média fiável sem o mesmo desgaste físico. Para andar depressa, gastar menos dinheiro [na aquisição] e abdicar do exercício físico, uma scooter é a opção mais lógica.

3 Likes

http://pt.wiktionary.org/wiki/bina
Bina pode também ser usado de forma coloquial para bicicleta.

Há kits que se compram na net, que se colocam em bicicletas convencionais, em que é possível atribuir potências à bicicleta muito acima do permitido legalmente, todavia julgo eu sem qualquer constrangimento prático.

Tenho um colega da cicloficina do oriente que colocou um kit elétrico de 1000W (creio eu) na bicicleta e na prática ficou quase uma mota elétrica. Já testei e tem mesmo muita potência. O limite legal para pedalec é de 250W.

Olá @Neves realmente a questão da poluição e do ruído pode ser importante, pois segundo me lembro são muito poluidoras e ruidosas e isso tem muito impacto em meios urbanos.

E já agora, sê muito bem vindo ao fórum :slight_smile:

1 Like

Obrigado pelas dicas e pela recepção no fórum! Vou ver melhor e tentar decidir quando tiver toda a informação necessária!

Pois, daí ter perguntado. É que para mim bina, bicla, bici, bike, jinga, bi, são nomenclaturas para bicicleta. Mas “Bina” pareceu-me outra coisa. Já aprendi algo com esta conversa hoje :slight_smile:

1 Like

Ainda assim, se alguém que tenha uma Bina e me possa ajudar!.. Gostava de saber toda a informação possível acerca das Binas! Velocidade máxima, autonomia, consumo, legislação a que está sujeita… Desde já agradeço qualquer informação.

Eu uso esta, para as mesma quilometragem que falas :slight_smile: Gasta bolos, 1 por viagem, é rápida e confortável, sinceramente n acho que um motor auxiliar a 2 ou 4 T traria vantagem alguma, pois iria retirar o gozo de pedalar, e em termos de média duvido que fizesse melhor!!!

Pondera uma opção mais ecológica, o planeta agradece :slight_smile:

Abraço

4 Likes

Gosto dessa opção, até porque também gosto bastante de pedalar. Não numa de estrada, mas numa de BTT! Mas… e como há sempre um mas… para o trabalho tenho subidas e descidas e depois tenho que passar um dia inteiro sem poder tomar um banhinho para ficar fresquinho!!!

1 Like

Continuo a perguntar todas as informações possiveis acerca das Binas!!!

então meu caro, tens sempre as elétricas. O mesmo efeito, mas amigo do ambiente :smile: e muito mais silencioso.

E estou em crer, muito mais barato, se comparares os respetivos consumos.

http://www.decathlon.pt/bicicleta-eletrica-bebike-500-id_8300084.html

http://www.cenasapedal.com/tag/bicicletas-electricas/

não leves a mal, se a malta não te responde sobre binas a motor de combustão, é porque não conhece; pois aqui somos todos zero emissões :slight_smile:

2 Likes

Nada que um bom banho antes de saíres, com um bom gel, um bom shampoo e um bom desodorizante não resolva :slight_smile: mesmo nesta altura do verão, não liberto qualquer odor desagradável durante o dia!! Se fores para uma Bina a 2T, vais ficar com o odor da mistura… é bem pior :wink:

2 Likes

Relativamente ao odor da mistura… é bem possivel, mas como nunca tive mota não sei e não posso falar acerca do assunto… quanto ao odor desagradável… os outros é que podem falar!!!.. Tenho por hábito o meu banhinho matinal e noturno, no entanto já ando de bike há algum tempinho e sei o percurso que tenho que fazer, por isso falo com conhecimento de causa!!

Faz como eu, vai sem medos, transpira eheheh

1 Like

O suor em si praticamente não tem cheiro. É a sua decomposição pelas bactérias que se multiplicam nele que fazem o cheiro. Mesmo que transpires imenso durante a viagem, se secares tudo e mudares integralmente de roupa no destino não vais ficar a cheirar absolutamente a nada.

Mas pelo menos opta por uma elétrica, que essas coisas a motor fazem uma poluição tremenda.

5 Likes