Lisboa candidata à organização da Velo-city 2021


(Rui Igreja) #1

Terá a maior conferência mundial sobre mobilidade e bicicleta em 2021 lugar em Portugal?


(https://vimeo.com/286254004)


(Three) #2

Pergunto: “porquê Lisboa” ?? Sempre Lisboa para tudo ?

( de qq forma isto será bem mais útil do que as jornadas mundiais de juventude…)


(José Miguel Ramos Modesto) #3

Eheheheh Sim, porquê Lisboa? Sempre Lisboa porquê?

Porque não Oeiras? xD


(Alexandre Climber) #4

Ou a terra do tree?

:wink:


(José Miguel Ramos Modesto) #5

Sim… de certeza que são tudo municípios que demonstraram vontade forte em entrar no século 21. BIG LOL


(Three) #6

Não me digas que agora também existem municípios mais merecedores do outros ?


(José Miguel Ramos Modesto) #7

Oh @Three , eu como munícipe de Oeiras, que raio queres que te responda a isso? É óbvio que há municípios que merecem mais que outros!

Existem percursos que eu adoraria fazer no meu concelho de bicicleta. Ou de transportes públicos. Mas não é possível! Há municípios que pura e simplesmente têm uma vontade nula de fazer diferente e de apontar em direcção ao futuro. Que queres que te diga?
Pode ser que outros municípios sigam o exemplo de Lisboa.


(Three) #8

Provavelmente aqueles que elegem criminosos como presidentes da câmara, não ?


(Ricardo Ferreira) #9

Eu tenho o maior desprezo pelo Isaltino, pelo que ele rouba, e pelas políticas anacrónicas que ele adopta. Mas adorava que Oeiras fosse uma boa candidata à organização do VeloCity. Talvez daqui por uns 15 ou 20 anos.

Não conheço outra cidade em Portugal, para além de Lisboa, que reúna as condições para ser uma boa candidata à organização deste evento.


(José Miguel Ramos Modesto) #10

Um município que elege criminosos como presidentes de câmara merece mais que os outros? :face_with_raised_eyebrow:

Olha, essa nem a vi. Passou-me mesmo ao lado.


(Manuel Reis Jorge) #11

A cidade candidata melhor colocada é aquela que constroi ciclovias a um bom ritmo.
Lisboa não merece.


(Sérgio Loureiro) #12

(Three) #13

Essas iniciativas não servem exactamente para incentivar a melhoria das infraestruturas no local onde vão ter lugar ?