Obike chega a Portugal


(Alexandre Climber) #21

Ja registei. Mas o modo de pesquisa nao está muito bem conseguido… pois
apenas aparecem as bicicletas disponíveis,na área do mapa quando se
aproxima. Ou seja se eu vir lisboa inteira nao me aparece nenhuma bicicleta
:frowning:

Deste modo nao da para ter uma ideia da dispersão das bicicletas…


(Pedro Sanches) #22

Para já só as há na zona ribeirinha. Mas parece-me que a ideia será conseguires ver as bicicletas disponíveis numa área relativamente pequena e próxima da tua localização. No início são “só” 350 bicicletas. Quando forem 1000, se fizeres zoom out e aparecerem todas, só vais ver uma mancha amarela no mapa. Não sei se isso será “um problema”. :slight_smile:


(Manuel Reis Jorge) #23

Descarreguei tambem a app e efectivamente , tudo concentrado na zona ribeirinha. Não sei se trazendo umas poucas cá pra cima, elas ficariam por cá…


(Nuro Carvalho) #24

Boa!! A curiosidade foi forte :slight_smile:


(FFC) #25

Alguém já fez um depósito? Já tentei efectuar, por diversas vezes, o pagamento dos 5 euros mas aparece-me sempre a seguinte mensagem: " Issuer Unavailable".


(Andre Lopes) #26

Hoje com o vento ja vi problema. Descanço vs vento. Estavam umas quantas caidas no chao. Acho que o descanço central seria melhor


(Pedro Sanches) #27

Ontem fiz uma viagem de 5km entre o Cais do Sodré e Belém.

Aspectos positivos:

  • Existem bicicletas disponíveis que são fáceis e encontrar;
  • A app é intuitiva e simples de usar;
  • Pode deixar-se a bicicleta em qualquer lado, desde que não perturbe o trânsito de peões;
  • 0,50€/30 min é um valor acessível para uma viagem pontual.

Aspectos negativos:

  • Os quadros são de tamanho pequeno-médio, o que para mim, que sou alto, causa algum desconforto;
  • Os selins são daqueles de esponja grandes e fofos. Ao fim de 15 min a pedalar tornam-se desconfortáveis;
  • As luzes apagam-se quando paramos por algum motivo;
  • A falta de mudanças faz-se notar. São boas para andar em plano junto ao rio mas se precisarmos de subir só muito pontualmente. Tão pontualmente que o último km que tinha até casa, por ser a subir, fiz de ecooltra…

De um modo geral, considero uma alternativa bastante útil para desenrascar. Ontem foi um bom exemplo disso. À hora que saí do Cais do Sodré já não tinha autocarros, faltavam 30 min para o próximo comboio, não havia nenhum carro da DriveNow nem scooters da ecooltra nas imediações. Só podia apanhar um táxi, um uber ou uma oBike. :slight_smile:


(Miguel Baptista) #28

Ui… já me lixei :stuck_out_tongue:


(Pedro Sanches) #29

Sim, tu também estás tramado.

Mesmo com o espigão no máximo, a bike fica pequena. Se juntares a isso aquela posição citadina mais vertical, acabas por ter uma bicicleta que só dá mesmo para o desenrascanso de meia dúzia de quilómetros em plano. O que acaba por ter a sua utilidade. :slight_smile:


(Miguel Baptista) #30

É a minha sina com tudo o que é bicicleta de aluguer… As Gira’s também me ficam pequenas, mas como têm motor não é dramático.


(Marco Neves) #31

Hoje voltei lá :). Fui de Gira e com mais tempo. Vou ver se amanhã me consigo organizar, registar e trazer uma para o Parque das Nações


(Marco Neves) #32


(Daniel Garcia) #33

há limites até onde se pode ir com essas bicicletas?


(Pedro Nóbrega Da Costa) #34

epa… acho tao estranho ver as bikes soltas :smile:

como é que ninguem agarra nisso e a leva para outros sitios para vender?

ja vi velibs e bicings (de paris e barcelona) em africa, como é estas aguentam? :smiley:


(Pedro Sanches) #35

Dá-lhes tempo… :stuck_out_tongue:

A propósito, já temos oBikes também na zona mais central de Lisboa.

O @BPereira também já as avistou em Santo Amaro de Oeiras, Dafundo, Algés, …

Estão a espalhar-se.


(Nuro Carvalho) #36

Em Miraflores há pouco…


(Hugo Alexandre da Cruz Mendes) #37

5€. E o depósito é reembolsável.


(Hugo Alexandre da Cruz Mendes) #38

É um conceito para ser usado pontualmente e não diariamente. Estilo Passe Mensal vs. Bilhete. Imagina uma analogia do ponto de vista do «Lisboa Viva», eu consideraria a Gira como o «Navegante Urbano», enquanto a Obike seria o «Zapping».


(Manuel Reis Jorge) #39

Testei ontem pela primeira vez, pois apareceram nas Amoreiras e em Campolide.
A primeira não quiz desbloquear. A segunda não existia, só na App.
Algumas que aparecem no mapa são fantasmas…
Em campolide já consegui pegar numa, ir calmamente até junto ao Corte Ingles, foi bom pois não houve subidas e apenas 1,7km. Ao chegar lá troquei por uma Gira.

Sexta fim da tarde, fiz o caminho inverso mas não havia Obike … andei até ao cimo do Parque E 7 e eram Obikes fantasmas…
Na App da Obike aparece onde deixei a minha, en frente de casa, 3 disponíveis. Mas só ha aquele que eu utilizei.


(Alexandre Climber) #40

Será que as começaram a gamar? E a localização fica onde foi deixada pela
ultima vez?