Sinistralidade rodoviária


(João Almeida) #81

(Luís L Belard) #82

Pois é. Ou, pois foi…
Os dados referem-se a 2017, por isso actualizo o que escrevi no ano passado ao iniciar este tópico: infelizmente em 2017, “… 77% os acidentes com vítimas registaram-se dentro das localidades”.
Em 2016 eram 62%.
Enquanto não vêm os carros futuristas que atropelam o pessoal sem necessidade de um labrego a conduzir, podiam adoptar a solução que se paga a si própria em pouco tempo, como já alguém aqui explicou e demonstrou: radares e fotos.
Vale para os excessos de velocidade e até permite fotografar outras transgressões; tudo (graças à tecnologia) com um mínimo de meios humanos, a cores e com factura.


(João Almeida) #83