Estacionamento automóvel no coração da cidade!

aveiro
Etiquetas: #<Tag:0x00007f315ce4b760>

(Rui Igreja) #106


(Rui Igreja) #107


(isto, com um parque de estacionamento subterrâneo para 300 carros)

https://www.facebook.com/aveiro.lovers/photos/a.121915977945591.21446.121907604613095/1237980533005791

Uma grande laje, com um buraco no meio com lojas (?), carros por baixo, uma fiada de árvores à volta e um jardim encolhido num canto


(Rui Igreja) #108


(Rui Igreja) #109

Cidade para as pessoas, ou cidade para os carros?

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10216555090772899&set=a.10201846641550861.1073741828.1327518714


(Three) #110

Nada impede a existência de jardins sobre um estacionamento subterrâneo, veja-se a Alameda D. Afonso Henriques em Lisboa ! Agora esquecem-se de que carros transportam, imagine-se, pessoas. Ou estaremos perante uma segregação social entre os que se fazem transportar por carros e os que não o fazem ?


(Pedro Sanches) #111

Os carros transportam pessoas. Mas as pessoas não se transportam todas de carro.


(Rui Igreja) #112

À sua visão progressista sobre mobilidade, o presidente da Câmara de Aveiro acrescenta agora o seu vasto know-how sobre piqueniques, e declara a pouca apetência actual do Jardim do Rossio para este tipo de iniciativas.


(Aónio Eliphis) #113

Parabéns Rui. Tomarámos nós ter essa participação cívica em Lisboa e a CML não fez outra coisa nas últimas décadas que parques subterrâneos. Andaram todos a comer os biscoitos das ciclovias.


(Rui Igreja) #114


(Pedro Sanches) #115

O pior cego é aquele que não quer ver”. Alguém que explique isto ao Sr. Presidente da Câmara.


(Rui Igreja) #116

https://www.facebook.com/juntospelorossio/photos/a.248873049219647.1073741829.241153229991629/254271962013089


(João Almeida) #117

http://www.noticiasdeaveiro.pt/pt/48876/aveiro-rossio-ribau-reduz-polemica-ao-estacionamento-e-antecipa-mais-correcoes/


(João Almeida) #118


(Three) #119

E retirar os carros da superfície não é algo positivo ?


(Pedro Sanches) #120

O facto de enfiares os carros debaixo de terra, não faz que eles desapareçam da superfície. Imagino que a entrada e saída do parque sejam “ali ao lado” e não em túnel a 20 km de distância. Para chegarem ao parque têm que entupir os acessos à superfície.


(Three) #121

Se o preço for elevado não chegam a formar filas. Mas será a única forma de um idoso de andarilho poder usufruir do tal parque verde


(João Almeida) #122

Sim, porque cá em Aveiro somos especiais e então os autocarros e táxis têm um sinal que proíbe a entrada de idosos com andarilhos.


(Pedro Sanches) #123

Não sei se percebo o conceito. Estão a gastar milhões para construir um parque enterrado com capacidade para N carros. Para não entupirem os acessos, sobem os preços o que levará a uma afluência menor? Se a ocupação do parque não ficar completa com frequência, para quê construírem o parque?

Além de que, olhando para o projeto, o que aquilo tem menos é “parque verde”. Parece-me mais um terreiro árido.


(João Almeida) #124

O assunto já chegou ao Turismo Centro de Portugal.

http://www.terranova.pt/noticia/sociedade/turismo-centro-de-portugal-alerta-ribau-esteves-para-os-riscos-da-intervencao-no


(José Miguel Ramos Modesto) #125

E investir em soluções mais modernas, mais eficientes, mais limpas, muito mais baratas e ao alcance de mais gente? Não?