Plano de mobilidade urbana em Viseu

Não encontrei nada aqui no fórum sobre o “novo” plano de criação de ciclovias urbanas em Viseu e gostava de saber as opiniões do pessoal daqui.

A cidade de Viseu, apesar de ser uma atração para ciclistas em todo o país devido à ecopista do Dão, não tem neste momento nenhuma ciclovia urbana. Andar de bicicleta em Viseu, aliás, é como ter um desejo de morte - desde as estradas demasiado largas que convidam os motoristas a acelerar mais do que deviam até aos estacionamentos em 2ª fila em todo o lado. Ver a bicicleta como meio de transporte é uma ideia extraterrestre para as pessoas de cá.

Este novo plano pretende criar uma rede de ciclovias de 66km, primeiro na cidade e depois estendendo-se aos subúrbios. As obras para a 1ª fase do projeto, que dizem respeito à zona central da cidade, começaram finalmente há algumas semanas atrás depois de anos de atraso. Podem ver mais informações aqui:
https://www.cm-viseu.pt/index.php/using-joomla/extensions/components/content-component/article-categories/2993-muv-bike

Quanto a mim, que sou de cá, sinto-me um pouco dividido. Por um lado é sempre muito bom ver progressos no que toca à mobilidade urbana e planeamento sustentável, por outro lado vejo coisas nesse plano que não me parecem fazer sentido nenhum: para já, as “pistas comuns”, partilhadas entre carros e bicicletas, que são as mesmas estradas de sempre mas com imagens de bicicletas pintadas no alcatrão. Ou seja, não muda nada e mais de 1/3 do plano da 1ª fase diz respeito a este tipo de vias.

Depois, a maior parte da rede nesta 1ª fase (2,5km) é constituída por vias partilhadas entre peões e bicicletas! Como é que isto é boa ideia, no centro de uma cidade?? Tenho algum receio que isto só contribua para um sentimento anti-bicicletas devido à confusão que vai gerar em algumas vias com mais tráfego de peões. Dá-me a impressão que quem aprovou isto pensa em andar de bicicleta como uma atividade recreativa, de lazer, e não como método de transporte, e que se podem aplicar os mesmos métodos da Ecopista do Dão, uma pista claramente recreativa e rural, num contexto urbano.

Na 2ª fase também tenho algumas reticências visto haver planos para ciclovia num troço com uma inclinação brutal, mas para já ainda não há muitas informações sobre isso. As ligações até aos concelhos suburbanos parece ser a parte mais fácil e exequível do plano, mas se as fases iniciais forem mal feitas duvido que cheguemos lá…

5 Likes

Bem-vindo Alexandre :slight_smile: obrigado pelo teu input!

Também fiquei curioso quando vi o que estavam a pensar fazer em Viseu.
A mim parece-me que é o mesmo de sempre infelizmente, pessoal a falar de bicicletas que não sabe o que é andar de bicicleta. Existem os típicos erros, i.e. falar de vias partilhadas com automóveis sem acalmia de tráfego, colocar bicicletas em passeios (que só pode dar asneira), não se falar sequer de intersecções…

As partes com inclinação não são preocupantes se for absolutamente inevitável usá-las, até porque tens bicicletas eléctricas. Um bom exemplo é a Av. Infante Santo de Lisboa, faria todo o sentido colocar ciclovia porque não tens outro caminho. No entanto, a forma inteligente de fazer a coisa é criar um caminho mais longo mas com uma pendente mais baixa.

Ainda assim, por que decidiste trazer o assunto para este fórum?

2 Likes

@alexandre, existem alguns tópicos que falam em Viseu, mas tens de ser associado da mubi para os conseguir ver. Já és associado? Inscreve-te…
https://mubi.pt/junte-se-a-nos/faca-se-socio/

Não há muitos tópicos mas tens estes :

https://forum.mubi.pt/t/muv-bike-viseu/5028

https://forum.mubi.pt/t/transportes-publicos-em-viseu/7173

1 Like

Obrigado, não tinha percebido que havia mais secções no fórum, faz sentido. Já me tinha feito associado antes de registar a conta aqui para o fórum, agora como é que consigo o acesso ao fórum completo? É só esperar?

@theurbancycler a intenção era só para que isto fosse um tópico de discussão relativo ao plano. Mesmo tendo em conta que provavelmente não há muita gente aqui que seja de Viseu, há certamente quem perceba mais de planeamento urbano do que eu!

2 Likes

@antoniopedro

Eu vou a Viseu de vez em quando. Vi uma ciclo-passadeira junto ao terminal de autocarros e à Feira de São Mateus, não se percebia ainda como ia continuar a obra que entretanto já começou:

https://www.jornaldocentro.pt/online/regiao/viseu/comerciantes-incomodados-com-obras-da-ciclovia-na-avenida-antonio-jose-de

E um pouco ao lado: aqui parece que irão retirar o estacionamento

:

1 Like

Ola Alexandre,
Enviamos um email a confirmar a tua inscrição como associado. Nesse email encontras um link para te inscreveres como associado no forum.

Mas neste caso eu coloco-te já como associado e tens acesso as restantes categorias
Confirma depois se já as consegues aceder (alem do cafe central)

4 Likes

Já consigo aceder, obrigado!

@jjleiria Não tinha reparado que iam tirar o estacionamento nessa rua, muito bom! Infelizmente na Avenida António José de Almeida tenho ouvido muitas críticas por parte de motoristas e comerciantes locais, e até dos próprios trabalhadores que estão a fazer as obras. É sempre normal, mas convencer as pessoas de que isto na verdade é positivo é muito complicado, especialmente nesta altura com as quebras de negócio que o covid-19 gerou. Nesse artigo do jornal do centro está aquele argumento que tanto se ouve:

Para a proprietária, os problemas são os mesmo. “Não há estacionamento para os nossos clientes pararem e fazerem compras”, afirma Laurinda Marques, dona do estabelecimento, acrescentando, por outro lado, que não vê “vantagem nenhuma em ter uma ciclovia no centro da cidade”.

Resta esperar que isto corra bem! Acho que nessa avenida não tem como correr mal, felizmente! E a ligação daí até à Ecopista do Dão e à avenida da Europa é muito fácil. Pode ser que as pessoas mudem rapidamente de opinião.

@theurbancycler em relação à inclinação, referia-me à Av. Cidade de São Filipe que liga à estrada da circunvalação, acho que é uma secção desnecessária visto que é possível encontrar alternativas mais fáceis - agora ao ver no google maps realmente não me parece assim tão inclinada quanto isso, pode ser só impressão minha por passar lá tantas vezes de carro. Eu vivi em Odivelas e ia todos os dias para Lisboa subindo aquela estrada paralela à calçada de Carriche e achava que esta era pior, mas se calhar não! Além disso lembro-me de achar a subida do Marquês de Pombal até ao Saldanha medonha e afinal faz-se na boa!

1 Like

Não sei porquê, mas as obras estão interrompidas há muito tempo. Inicialmente pensei que pudesse ter a ver com a chuva mas depois disso já tivemos umas boas semanas com bom tempo…já tentei obter informações junto da Câmara sobre os desenhos e planos das ciclovias, bem como a razão para as obras estarem paradas, e sou simplesmente ignorado. Também já pedi a amigos para fazerem o mesmo e o resultado é igual. A MUBI consegue fazer alguma coisa para “pressionar” a câmara a dar uma resposta? Pelo menos quanto aos desenhos porque ainda não se sabe como é que vão estar dispostas as ciclovias nas vias afetadas.

5 Likes

Como tinha dito aqui, tinha tentado contactar a CMV sem sucesso. Finalmente recebi uma resposta hoje.

Perguntei a razão para o projeto estar interrompido (o que obviamente afeta todo o tipo de tráfego naquela rua, e por consequência o comércio local): a resposta foi “o projeto está interrompido”. Perguntei também se podia ter acesso a informações mais detalhadas do plano, incluindo os desenhos da disposição das novas ciclovias, para além das informações genéricas e insuficientes que se podem encontrar naquela página web: a resposta foi “pode encontrar, de uma maneira genérica, o plano na página web”.

A cereja no topo do bolo foi que esta resposta foi datilografada, imprimida em papel, colocada num scanner e depois enviada como anexo num novo email, mais de 2 meses depois. Se calhar a demora foi devido à tecnologia avançada que é enviar um email, para a próxima tento fax!

5 Likes

O que está a acontecer em Viseu?

Quem pode partilhar fotos desta ciclovia que dizem estar concluída?

“Parece que és de Orgens.” - private de Viseu :slight_smile:

O que foi concluído agora foram as obras para uma nova urbanização no bairro de Sto. Estevão (aqui à esquerda, ainda desatualizado no street view), que inclui uma ciclovia no passeio. Suponho que seja isso a que se refiram. Essa ciclovia é apenas um pequeno troço ao pé dos prédios e não está ligada a nada em nenhum dos lados, imagino que no futuro seja integrada na futura ciclovia da Avenida da Europa. Vou ver se passo lá daqui a pouco e tiro umas fotos.

Em relação às obras da Av. António José de Almeida, parece que estão a andar de novo mas muito lentamente, vejo sempre 1 ou 2 trolhas sozinhos a trabalhar lá de vez em quando em dias da semana.

Fico com alguma pena porque em todos os casos, as ciclovias estão muito longe do “best practice”. Tendo em conta que a cidade entrou nesta onda mais tarde do que praticamente todas as outras cidades do país (e da Europa), era de esperar que o nível fosse outro. Ao final do dia acaba por ser um caso de “é melhor haver infraestrutura do que não haver”, ou seja, é positivo de qualquer maneira, mas parece-me que obras futuras para alterações são inevitáveis.

5 Likes

Do site da Câmara:

Foi isto que foi construído.
“Destaque ainda para o facto de um dos novos arruamentos incluir já um pequeno troço de ciclovia, que permite a ligação entre a futura Ecopista do Vouga e a Ecopista do Dão. “Trata-se de mais um equipamento que posiciona Viseu como uma cidade que privilegia a prática de atividade física ao ar livre e a qualidade de vida. De certa forma, hoje concluímos a Avenida da Europa, que estava por terminar na sua ligação a Santo Estevão”, diz António Almeida Henriques.”

3 Likes

Infelizmente é mais do mesmo…
Ainda assim pode ser que comece a atrair utilizadores, apesar do acumular de erros parece utilizável.

2 Likes

Está aqui a imagem, em ponto maior:

Fonte:

2 Likes